segunda-feira, março 3



«As folhas da bananeira são suficientemente amplas
para ocultarem uma paixão. Quando expostas às
intempéries recordam-me ora a cauda ferida de
uma fénix ora um leque verde rasgado pelo vento.
A bananeira floresce. Todavia as suas flores nada
têm de atraente. O mesmo acontece com o tronco
enorme. Talvez por isso a bananeira acabou por
conquistar o meu coração. Sento-me debaixo dela
enquanto o vento e a chuva a fustigam.»

Matsuo Bashô, O gosto solitário do orvalho,
Assírio & Alvim, Lisboa, 2003, p. 15

Etiquetas: ,

6 Comentários:

Às 03 março, 2008 19:03 , Blogger bluegift disse...

Muito belo e romântico, Vasco. Apetece-me sentar debaixo dessa bananeira.

 
Às 03 março, 2008 19:30 , Blogger vbm disse...

:) Sabes, bluegirl, gostava de ter a arte de discernir os elementos, as emoções, que compõem este enunciado poético. Ele transmite-nos uma tal impressão de acolhimento que damos o nosso reminiscente assentimento à sugestiva imagem verbal do mestre zen do século xvii, Matsuo Bashô. :)

 
Às 03 março, 2008 22:17 , Blogger bluegift disse...

Há uma meditação profunda, uma fusão muito especial com o mundo que brota toda essa sabedoria. Lembra-me o esvoaçar de uma borboleta colorida em início de Primavera. Não conhecia o Matsuo Bashô mas já estou a ficar apaixonada pelo personagem :)

 
Às 03 março, 2008 22:56 , Blogger Peter disse...

Matsuo Bashô

Ah, lua cheia!
Nem mesmo um rosto bonito
Entre os presentes...

Por este caminho,
Ninguém mais passa -
Tarde de outono.

Recolhendo toda
A chuva do mês de maio
Corre o rio Mogami.

Num galho seco,
Um corvo pousado.
Tarde de outono.

Apesar do sol
Ardendo sem compaixão,
O vento de outono.

Vento cortante -
Se esconde em meio ao bambu
E desaparece.

Venerável
É quem não se ilumina
Ao ver o relâmpago!

(Nunca tinha ouvido falar do homem ...)

 
Às 04 março, 2008 00:54 , Anonymous lucia disse...

O silencio
As vozes das cigarras
penetram as rochas

Mastuo Bachô
(trans. Clement)

ja conhecia alguns dos seus belissimos escritos, uma curiosidade,
Bashô (松尾芭蕉) significa bananeira em língua japonesa..

:)

beijo e obrigada por estas palavras lindas de bashô


lucia

 
Às 04 março, 2008 00:58 , Blogger Peter disse...

Bashô (松尾芭蕉) significa bananeira em língua japonesa..

Boa Lúcia!
20 valores

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial