segunda-feira, fevereiro 25



NÃO SE APONTA QUE É FEIO,

Crónica do costume, pelo gato fedorento,
José Diogo Quintela, in "Público" de 24-2-2008

.

. Durante anos, quando ouvia falar de um tal “ponto G” que dava grande satisfação às mulheres, mas que era um enorme mistério para os homens, achava que era uma variação do ponto cruz. Talvez com agulhas diferentes, mas um ponto de dobrar. Aparentemente, é outra coisa que não tem a ver com lavores femininos. Quanto muito, louvores femininos.


. Entretanto, o Ponto G perdeu um bocadinho do seu mistério, porque parece que especialistas italianos garantem ter encontrado a localização exacta do sítio onde as mulheres têm sempre imenso prazer (e não, não é em Alcântara, como muitos pintas lisboetas estão a pensar).
.
. É curioso terem sido cientistas a encontrá-lo. É a melhor definição de altruísmo. Um cientista a descobrir o Ponto G é como um vegetariano a inventar o melhor tempero para churrasco. Claro que, a serem cientistas, tinham de ser italianos. Um italiano, mesmo de bata e óculos, tem a mania que percebe de mulheres. Um cientista japonês, por exemplo, só lá chegava por um acaso. “Haikido, encontrei isto, parece que é um ponto G, ou lá o que é”, diz um. “Larga isso, Mikado e continua mas é a procurar a glândula responsável pelo aumento da produtividade”, returque o outro. Um cientista japonês está para o sexo como o Colombo está para a América: se descobriu, foi por sorte.


. A existência do ponto G, referenciado pela primeira vez pelo ginecologista alemão Ernst Grafenberg em 1950, é baseada mais nos testemunhos das mulheres que garantem atingir orgasmos vaginais do que em provas científicas. Portanto, em “diz que disse”. Por mim, tudo bem, não tenho por que duvidar. As mulheres não têm o hábito de mentir sobre sexo. Já se fosse um homem a dizer que tinha um ponto especial que proporcionava enorme prazer contínuo, ia soar a bazófia. Aparecia logo outro tipo a dizer que tinha um ponto F e um H e outro a garantir que o seu ponto G tinha 32 cms. Um terceiro, como não encontrava um ponto G, comprava um Porsche.


. Em Portugal temo bem que o ponto G se torne irrelevante. As próximas gerações vão ser gerações de misóginos, pouco interessados no prazer das mulheres. E a culpa é do sistema educativo. Agora vão acabar com a formação musical. É o princípio do fim das artes. Tirem a dança e o teatro e acabem com tudo aquilo que torna o homem mais sensível. (Com os trabalhos manuais não acabam eles. Experimentem lá pôr fim à electrotecnia.) Ficam os rapazes mais insensíveis. E um homem que não está em contacto com o seu lado feminino não se vai preocupar com o lado feminino de ninguém.


. Este machismo não é de agora. Basta ver que, quando os jovens recebem notas escolares aprendem desde cedo que um “Satisfaz” não é aceitável, “Muito Bom” é que sim. Um puto, depois de anos a ouvir isso, quando tiver uma namorada não vai cá preocupar-se em satisfazê-la. É o satisfazes! No fim do sexo ela diz: “Não me satisfizeste.” E o rapaz: “Sim, mas fui muito bom!” Ponto G? Não é preciso ponto G para nada.


.

LOL

_________________

Etiquetas: ,

14 Comentários:

Às 24 fevereiro, 2008 16:42 , Blogger Betty Branco Martins disse...

__________olá Peter




sempre__________mas sempre aprendendo:))



beijO c/ carinhO

 
Às 24 fevereiro, 2008 16:45 , Blogger Betty Branco Martins disse...

não será______Peter





mas



_____________olá vbm:))





_______muito gosto!



beijO

 
Às 24 fevereiro, 2008 17:25 , Blogger vbm disse...

:) eu fartei-me de rir com a crónica! Peço desculpa de ter marcado vez para segunda-feira, mas não consegui resistir.

abraço, betty.
Vasco

 
Às 24 fevereiro, 2008 19:04 , Blogger Peter disse...

"vbm"

Fizeste bem em publicar, não só por estar escrito com muita piada, como por nem todos lerem os mesmos jornais e principalmente por se tratar dum assunto do maior interesse e actualidade.

Vasco, não há regras, há oportunidades e foste extremamente oportuno.

Abraço, começaste bem a semana. LOL

 
Às 24 fevereiro, 2008 19:19 , Blogger bluegift disse...

Acho que sim, Vasco, estes Gato Fedorentos são terrivelmente engraçados.

 
Às 24 fevereiro, 2008 19:22 , Blogger vbm disse...

:)

 
Às 24 fevereiro, 2008 23:16 , Blogger Papoila disse...

Uma cronica que me divertiu e me fez rir até às lágrimas! É essencial o bom humor e estes meninos são impagáveis!
Parabéns!
LOL

 
Às 25 fevereiro, 2008 00:46 , Blogger Betty Branco Martins disse...

bluegift
__________olá:)



deixo-te



um



beijO c/ carinhO

 
Às 25 fevereiro, 2008 11:10 , Blogger Blondewithaphd disse...

lol 2!!! Ponto de cruz?! Pois sim...

 
Às 25 fevereiro, 2008 13:59 , Blogger Ant disse...

hehehehe
abraço

 
Às 25 fevereiro, 2008 14:26 , Blogger quintarantino disse...

Safa ... ponto de cruz?
Olha se a coisa envereda por aí, lá vou eu ter de aprender a tricotar!

 
Às 25 fevereiro, 2008 15:52 , Blogger Ant disse...

dia 8 de Março...
eu sei, eu sei...

 
Às 25 fevereiro, 2008 16:27 , Anonymous lucia disse...

AHAHAHAa fantastico!

 
Às 26 fevereiro, 2008 08:36 , Blogger PDivulg disse...

Parece-me que nunca um ponto teve tanta filosofia em seu torno!!...

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial