segunda-feira, setembro 7

Sombras de antepassados esquecidos

“Ao examinar atentamente as numerosas formas de vida da Terra, um biólogo de outro sistema solar daria conta por certo de que elas são todas feitas, quase exactamente, da mesma matéria orgânica e que as mesmas moléculas desempenham quase sempre as mesmas funções, com o mesmo livro de código genético a ser usado por quase todos os indivíduos.
Os organismos deste planeta não só são parentes, como vivem em contacto íntimo uns com os outros, absorvendo reciprocamente os resíduos, dependendo uns dos outros para viverem e partilhando a mesma e frágil camada superficial.”

(Carl Sagan, “Sombras de antepassados esquecidos”)

Que nós nos empenhamos em destruir…

5 Comentários:

Às 07 setembro, 2009 21:26 , Blogger vbm disse...

É uma consciência que sempre me persegue, essa de vivermos dependentes do ecossistema fechado deste nosso planeta... e é enorme a igualdade dos códigos genéticos das várias espécies... Como irá ser possível "emigrarmos" para outros planetas!? Alguma vez se conseguirá?
...

 
Às 08 setembro, 2009 00:33 , Blogger Peter disse...

Muitas gerações hão-de passar antes que surja resposta a essa pergunta e isso se alguma vez tal for possível, antes que o Sol se transforme numa "gigante vermelha" cujo diâmetro chegará até à órbita de Jupiter.

 
Às 08 setembro, 2009 15:54 , Blogger JOY disse...

Boas amigo Peter,

È realmente estúpido que a raça humana não dê atenção a essa dependência e continue a destruir o meio ambiente , esquecendo as gerações vindoiras, que herdarão um ambiente bem diferente ,para pior do que este.

Um grande abraço
Joy

 
Às 08 setembro, 2009 16:30 , Blogger Peter disse...

Amigo Joy

Quando é que nós, humanos, nos convencemos do que dizia Carl Sagan:

"os organismos deste planeta não só são parentes, como vivem em contacto íntimo uns com os outros, absorvendo reciprocamente os resíduos, dependendo uns dos outros para viverem e partilhando a mesma e frágil camada superficial."

Já viram alguém dessa gente que disputa o Poder preocupar-se com estes assuntos?

O que interessa é entrar com uma mão à frente e outra atrás e sair com milhões.

Abraço

 
Às 09 setembro, 2009 09:38 , Blogger Ferreira-Pinto disse...

Caríssimo, estou convencido que tudo isto tem emenda e solução quando os humanos ficarem reduzidos à sua real insignificância!

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial