segunda-feira, agosto 31

Em caso de separação, não dê palpites!

Dois amigos conversando, quando ... depois da segunda, terceira, quarta taças de vinho, Carlos declarou:
- Sabes Roberto, separei-me!.
- P…, meu.
- Estou meio deprimido, mas agora vou organizar a minha vida de forma diferente.
- Bom , Carlos, então agora vou falar-te. A tua mulher andava a dar para toda gente. Deu para quase todo a nossa equipa de futebol de fim-de-semana, lá do departamento, aqui do café e os que comeram disseram que é mais devassa que a imperatriz Teodósia de Bizâncio, aquela que gostava de ser comida por três escravos núbios ao mesmo tempo.
- “Da-se”, espera aí ... eu separei-me foi do meu sócio!!!

Silêncio mais que absoluto...

(reebida por e-mail)

4 Comentários:

Às 31 agosto, 2009 16:01 , Blogger Peter disse...

Anda aí um chinês a chatear, de modo que deixei de aceitar comentários anónimos.

 
Às 31 agosto, 2009 16:20 , Blogger Meg disse...

Que praga!

E não se pode eliminá-los?

Claro que pode... só hoje já mandei dois dar uma volta.
Elimina, Peter, que eles querem mesmo é fazer mal.

E não me esqueci da tua história... aquilo não se diz a um ninguém,quanto mais a um "simpático" marido... ahahahah!!!

AGOSTO ACABOU e a calma e a Meg voltou!!!!

Um abraço

 
Às 31 agosto, 2009 17:23 , Blogger antonio - o implume disse...

Pois!

 
Às 31 agosto, 2009 22:47 , Blogger Papoila disse...

Os palpites... lol...

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial