domingo, março 1



«— Porque não fica cá esta noite?
A viagem para o Porto ainda me levaria
umas duas boas horas, era sábado, eu
sentia-me em boa forma e ela parecia
agora uma voluptuosa huri do Profeta
a acenar-me do Paraíso, entre as volutas
de fumo na meia-luz do aposento.

Disse-lhe logo que sim,
que tinha todo o prazer.
E tive, devo reconhecê-lo.»




Uma estória leve e divertida
com um notável suspense.

:)

Etiquetas: ,

4 Comentários:

Às 01 março, 2009 16:17 , Blogger Peter disse...

Dás-me sempre pistas para novos livros.

:)

 
Às 01 março, 2009 16:59 , Blogger vbm disse...

E olha,
uma escrita primorosa!

 
Às 02 março, 2009 14:45 , Blogger alf disse...

Bem, só o nome... diz-me qq coisa ehehe

 
Às 02 março, 2009 14:57 , Blogger vbm disse...

Lol

Conheceste a Alfreda?

:)

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial