sexta-feira, fevereiro 13

Compras com cartão


Durante a semana passada, Timothy Geithner, o novo Secretário do Tesouro, fortaleceu a confiança dos investidores ao afirmar que o Estado norte-americano irá promover todos os esforços para combater a recessão. Destaque ainda para o anúncio de Obama de que as empresas que, no futuro, recorrerem ao apoio estatal, terão que limitar o rendimento dos executivos de topo em $500.000 por ano. Corresponde, considerando 14 meses, a 26.242€/mês, ou seja 5.261.192$00/mês.
De acordo com o seu comunicado, as compensações adicionais deverão assumir a forma de acções, cuja liquidação só poderá ocorrer depois da empresa saldar a sua dívida ao Estado.

Pobres americanos…

Gostei de ouvir Francisco Louçã a ser entrevistado por Judite de Sousa.
Convincente.

4 Comentários:

Às 13 fevereiro, 2009 10:20 , Blogger antonio - o implume disse...

A Judite perguntava ao Louçã se considerava rico quem ganhasse 5.000€/mês... para quem está quase ao nível dos gestores americanos, 5.000€ é realmente muito pouco...


Mundos diferentes... quanto ganharia Constâncio se fosse para a América?

 
Às 13 fevereiro, 2009 11:12 , Blogger Ant disse...

Digamos que eu tenho uma teoria para acabar com a recessão.
É fácil, honesta e sincera...
Ah, pois, lá estou eu com ideologias...

 
Às 13 fevereiro, 2009 12:12 , Blogger Peter disse...

António - o implume

Se "A Verdade - Newsletter de informação - Nº3 - Janeiro/2008" que circula por aí, é verdadeiro, iria ganhar muito menos.

 
Às 13 fevereiro, 2009 12:14 , Blogger Peter disse...

Ant

Explica lá à gente a tua teoria, pode ser que ainda sejas convidado para o Governo.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial