sexta-feira, fevereiro 6

Tântalo: O ouro cinzento

O coltan é um minério nobre composto por dois elementos distintos: colômbio e tantalite. Deste último obtém-se o tântalo, um excelente condutor de electricidade, maleável e extremamente resistente à corrosão, muito utilizado no fabrico de componentes electrónicos, sobretudo condensadores.
Encontramo-lo hoje em artigos correntes (telemóveis, câmaras de vídeo, computadores, play stations, etc.) ou em engenhos altamente sofisticados (mísseis, motores de avião, satélites). Uma dezena de telemóveis necessita apenas de 1,8 gramas do produto. De 3,33 quilos de coltan refinado obtém-se aproximadamente um quilograma de tântalo.
Segundo os entendidos, o coltan da região do Kivu (RD Congo) é o que possui tântalo em mais elevado grau o que pode contribuir para explicar as recentes incursões das tropas ruandesas e longos anos de conflito armado.
Nos circuitos económicos, o comércio do coltan foi classificado como o «nervo da guerra» no Leste do Congo. Intrigas complicadas, que fizeram com que numerosas ONG viessem alertar a opinião pública com este sugestivo slogan: «Nem mais uma gota de sangue no meu telemóvel!»

Também não podemos esquecer que o coltan é um minério radioactivo, com «pequenas» doses de urânio. Embora se ignore ainda o perigo que representam as radiações provenientes do pó radioactivo absorvido durante a refinação do coltan, já se sabe que os resíduos das lavagens são altamente radioactivos, e que estão a poluir grandemente os cursos de água.
Embora presentemente o preço do coltan tenha baixado, continua a ser altamente lucrativo. É duas ou três vezes mais rentável que o ouro e sobretudo infinitamente mais que a agricultura. Um garimpeiro de coltan pode ganhar até 115 dólares em duas semanas, quantia igual à obtida por um agricultor a trabalhar durante um ano inteiro nos campos de feijão na região dos Grandes Lagos.



A gravura mostra-nos crianças a trabalharem na sua extracção: recebem 1 dólar por cada jornada diária de 14h e é normal morrerem duas a três por semana nesse duro trabalho.

(Adaptação do Google)

10 Comentários:

Às 06 fevereiro, 2009 10:16 , Blogger antonio - o implume disse...

Os condensadores de tantalo conseguem concentrar uma grande capacidade num volume reduzido, são no entanto particularmente sensíveis aos picos de tensão. Praticamente desapareceram dos equipamentos que lidam com radiofrequência e que estejam ligados a antenas aéreas.

Cheiram mal quando rebentam.

 
Às 06 fevereiro, 2009 10:27 , Blogger Ferreira-Pinto disse...

Este é um dos exemplos elucidativos como a mistura certa de alguns ingredientes consegue manter em funcionamento várias máquinas ... desde a das multinacionais que necessitam de certas matérias primas a preços acessíveis para poderem maximizar lucros à dos vendedores de armamento que necessitam de manter os fluxos da mercadoria!

 
Às 06 fevereiro, 2009 14:10 , Blogger Olhos de mel disse...

Oie lindo, esse perigo é realmente, ignorado. A necessidade e o desconhecimento faz com que as pessoas se exponham.
Bom fim de semana!
Beijos

 
Às 06 fevereiro, 2009 15:21 , Blogger Peter disse...

antonio - o implume

Embora presentemente o preço do coltan tenha baixado, continua a ser altamente lucrativo.

Muito possivelmente os motivos que apresentas estarão na origem dessa baixa de preço. Mas a escravidão infantil continua.

 
Às 06 fevereiro, 2009 15:26 , Blogger Peter disse...

Olhos de mel

Um bom fds para ti. Por
cá continua o frio, a chuva e a neve.
Problemas pessoais têm-me afastado do convívio dos blogues. As minhas desculpas.

 
Às 06 fevereiro, 2009 15:29 , Blogger Peter disse...

Ferreira - Pinto

O negócio do coltan teria proporcionado a chefes militares e civis ruandeses e ugandeses enormes somas de dinheiro, concorrendo assim para prolongar o conflito congolês.

 
Às 07 fevereiro, 2009 00:28 , Blogger heretico disse...

direitos das crianças? que é isso?...

nunca calar!!!

abraços

 
Às 07 fevereiro, 2009 01:13 , Blogger antonio - o implume disse...

Peter respondi-te lá no meu lado.

 
Às 07 fevereiro, 2009 01:15 , Blogger antonio - o implume disse...

Deviamos de reflectir que muito do preço baixo do LCD lá de casa é obtido assim, à custa desta mão de obra!

 
Às 16 fevereiro, 2009 00:17 , Blogger mp3salem disse...

hard work (

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial