quarta-feira, janeiro 23

Reformas

O "Jornal de negócios" de ontem (22 JAN 08) trazia um artigo com um enorme título na 1ª página:

REFORMAS DE GESTORES DO BCP SAEM MAIS CARAS DO QUE A OPA AO BPI

Não comprei o jornal pois sou um leitor das primeiras páginas expostas nos quiosques.

........................

Ontem à noite tocaram insistentemente à campainha da porta. Quem será a estas horas ? Não esperávamos ninguém ...
Era a nossa antiga “mulher-a-dias” que se tinha ido embora há 4 anos. Tinha sido posta fora de casa pelo filho e vinha procurar onde dormir. Dormiu cá em casa e hoje, manhã cedo, fui levá-la à camioneta para regressar à terra.
Era o mínimo que podia fazer por quem nos ajudara a criar os filhos.

Vivia numa barraca, equilibrada precariamente sobre a linha de CF em Chelas. Chegou a vez da Câmara lhe dar uma casa. Mas como podia ela ir habitá-la? Como poderia pagar a renda, com um marido que trabalhava onde não lhe pagavam e com dois filhos drogados e desempregados? Assim optou por regressar à terra, onde sempre poderia cultivar umas couves e umas batatas. E assim fez.

Quis o destino, ou seja lá o que for, que as pessoas boas, mas intrinsecamente boas, estejam marcadas pelo ferrete da desgraça. O marido pouco mais de um ano viveu. As irmãs, a quem ela enviava algum dinheiro quando andava trabalhando por Lisboa, abandonaram-na e o mesmo fizeram os filhos.

Veio a Lisboa, com grande sacrifício, tratar de problemas que um dos filhos, que está no estrangeiro, tinha com a Justiça. Ficou em casa do outro filho e Domingo veio visitar-nos.

Ontem à noite veio pedir-nos abrigo. Tinha sido expulsa por aquele a quem dera a vida. Não tinha mais ninguém ......

...........................

Vou comprar um porquinho-mealheiro para guardar as minhas economias. Ao menos não estarei a contribuir com o meu dinheiro para essas "reformas milionárias".

18 Comentários:

Às 23 janeiro, 2008 16:21 , Blogger JOY disse...

Amigo Peter é por ainda existirem pessoas como voçê que ainda vamos acreditando que este mundo pode ser melhor,louvo o seu gesto de nobreza e gratidão.

Um abraço
JOY

 
Às 23 janeiro, 2008 17:39 , Blogger Peter disse...

Meu caro, o que aqui verdadeiramente interessa é a reforma escandalosa de administradores cuja actuação singular, ou no seu todo, está a ser objecto de averiguações por parte do BdP e da CMVM, para já não falar do muito propalado pelos media.
Afinal somos todos seres humanos, ou não?

 
Às 23 janeiro, 2008 21:31 , Blogger bluegift disse...

Não sei o que será mais chocante, se o destino dessa senhora se a manutenção desta situação insustentável que são as reformas imorais, pornográficas destes senhorios do país.

 
Às 24 janeiro, 2008 01:42 , Blogger Peter disse...

bluegift

Um Partido dito Socialista governa o país, dispondo de maioria na Assembleia da República. A redução do deficit implica sacrifícios da parte de todos, o que não está a acontecer.

 
Às 24 janeiro, 2008 02:33 , Blogger Olhos de mel disse...

Peter! Que história, heim? Infelizmente, não foi a primeira a sofrer com isso e nem será a última. As drogas têm feito muita infelicidade... que pena!
Beijos

 
Às 24 janeiro, 2008 09:30 , Blogger Tiago R. Cardoso disse...

neste caso contastes duas historias vergonhosas...

Muito bem o teu gesto perante a senhora...

 
Às 24 janeiro, 2008 11:12 , Blogger quintarantino disse...

Amigo Peter, a sua alma grandiosa só podia permitir gesto tão nobre.

Quanto às reformas milionárias ainda há dias se falou da pensão vitalícia de Paulo Teixeira Pinto no valor, salvo erro, de 7.500,00€ mensais mais os 10.000.000,00€ de indemnização que recebeu. Eu não digo que o homem não posso ter trabalhado para merecer, mas duas benesses?

 
Às 24 janeiro, 2008 12:10 , Blogger Peter disse...

"olhos de mel"

O que procurei destacar é o fosso abissal que actualmente existe no país.
Não se trata do meu caso individual. É a vida miserável duma pessoa honesta, que sempre ajudou a família e que se vê abandonada por ela.
São as reformas escandalosas de políticos e administradores.
Se existe deficit, que existe e é preciso combatê-lo, 1/3 dessas reformas milionárias deveriam ser afectas a esse fim.

 
Às 24 janeiro, 2008 12:19 , Blogger Peter disse...

Tiago

O meu gesto não tem a mínima importância porque qualquer ser humano o faria, senão não merece ser considerado "humano".

Este governo socialista, para o ano, vai ajustar contas com o país.
Infelizmente não há alternativa e as pessoas esquecem facilmente perante "peanuts" que o PS lhe irá oferecer.

 
Às 24 janeiro, 2008 12:37 , Blogger Peter disse...

quintarantino

Uma pessoa que, durante 22 anos trabalhou para nós, é merecedora de ser tratada como família. Abandonada pela sua, nós somos o seu último recurso.
O que está em causa são as reformas miseráveis, perante o esbanjar a que assistimos. Não se pense que estou a defender os meus interesses, como já pensaram... Felizmente não sobrevivo à custa do Estado.

O que está em causa e apenas a título de exemplo, são os 80 milhões de Euros, lucros do Millennium BCP na "operação polaca", "torrados" no pagamento das reformas aos administradores que cessaram funções no dia 15.

Não me refiro sequer aos pequenos accionistas, pois a bolsa é um jogo. Refiro-me aos pequenos depositantes que, em maior ou menor escala, contribuem para o pagamento dessas reformas escandalosas e, parece, que imerecidas.

 
Às 24 janeiro, 2008 16:03 , Blogger Ant disse...

Uma colega minha de trabalho, antes de uma reunião geral com a Sra presidente da CMA que iria dizer-nos que era preciso darmos boa imagem ao EXTERIOR... (bem... quando alguém resolveu aproveitar a "deixa" para expor algumas questões de DENTRO foi calado...), dizia então a rapariga que estava a pensar tirar o seu dinheiro do banco. E "apanhar" os títulos e outras poupanças antes que desapareçam.
Exemplo a seguir...?
E Peter, imagina tu se esta Sra Presidente fosse ministra?
A diferença é pouca a alternativa e quase nenhuma a situação vai-se manter.
Se eu não fosse Objector acho que proporia uma reunião no Campo Pequeno...

 
Às 24 janeiro, 2008 16:28 , Blogger Peter disse...

ANT

Vou responder-te com um comentário que deixei noutro blog:

É o Governo dito PS que temos. O pior é que não há alternativa.

Um PSD de "barões" enriquecidos e acomodados, que se degladiam entre si?
Um PCP de "dinossauros" e de "purgas"?
Um BE repudiado pelo PCP e obrigado a fazer alianças "contra-natura"?
Um CDS/PP com "telhados de vidro" e que procurará, a qualquer preço, servir de "muleta" ao PSD?
O "folclore" dos pequenos partidos, para os quais a campanha eleitoral é a grande oportunidade de aparecerem na TV?

A grave situação política que enfrentamos é resultante, em grande parte, da não existência de uma oposição forte e credível.

Fazia falta um novo Partido, constituído pela gente nova do PCP, que há muita, e pela esquerda do PS, os "históricos", que ainda são uma referência.
Mas todos sabemos já o que vai acontecer em 2009:
- o PS volta a ganhar, mas sem maioria na AR, o "povão" esquece tudo o que de mau se tem passado e contenta-se com os "peanuts" que Sócrates lhe atira.
É como no futebol, em que o FCP já ganhou o Campeonato.

E acrescento ao que me dizes:

- Há vários meses, quando surgiram problemas com o Millennium/BCP o António Mega Ferreira publicou um artigo na revista VISÂO em que, mais coisa, menos coisa, dizia o seguinte: a minha primeira reacção, como pequeno investidor e cliente, foi a de vender as acções e fechar a conta.

É só questão de procurar o artigo na referida visita. Não sei se o fez, nem isso me interessa, só na medida em que é uma pessoa mais esclarecida que eu.

 
Às 24 janeiro, 2008 21:16 , Blogger Meg disse...

Pois é Peter, é sobre as reformas
obscenas, afrontosas e vergonhosas,
desses senhores.
Qual é a moral de um indivíduo que ainda até há pouco tempo ia à missa TODOS OS DIAS?
É degradante a imagem que nos é passada deste "mundo" que me abstenho de adjectivar.

Porque casos como o que relatas,
estão "naturalmente", nas mãos de pessoas como tu ou como a maior parte de nós...
Mas a montante?

Um abraço

 
Às 24 janeiro, 2008 21:25 , Blogger SILÊNCIO CULPADO disse...

Peter
Senti cada palavra do texto e cada mágoa do contraste.
Um abraço

 
Às 24 janeiro, 2008 21:56 , Blogger Peter disse...

"silêncio culpado"

Tenho passado pelo teu blog, mas as pessoas estão fartas da Ministra.
Penso que un governo Socialista não deveria permitir tais disparidades.
Está com medo de quê, para exigir sacrifícios a quem os pode suportar?

 
Às 24 janeiro, 2008 22:19 , Blogger Ant disse...

Entendo-te.
Conheço gente de todos esses que mencionas e alguns deles estariam certamente bem numa oposição.
Mas sabes?
O poder corrompe e se for absoluto corrompe absolutamente, não é?

Vamos fazendo o barulho possível. O impossível talvez não tarde... digo eu... em grego...

 
Às 24 janeiro, 2008 23:19 , Blogger herético disse...

compreendo-te... não podemos virar as costas às desgraças humanas.

mas quanto a Banca, não te surpreenda que preconize outras medidas que não um mealheiro...

 
Às 25 janeiro, 2008 01:20 , Blogger Peter disse...

herético

É óbvio que a medida do "porquinho-mealheiro" é pura ironia.
Não há aquele "chavão"?

"Os ricos que paguem a crise"

O dinheiro vai buscar-se onde ele há, mas é evidente ser mais fácil fazê-lo entre empregados por conta de outrem, velhos e reformados, pois não têm poder reinvindicativo.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial