quarta-feira, janeiro 9

AGRADECIMENTO

Tenho um apartamento num empreendimento no Algarve. Como se trata de um empreendimento grande, há muitos emigrantes que investiram ali dinheiro, adquirindo apartamentos para subalugar e assim surgiu um português empreendedor, que os toma de aluguer de Maio a Outubro. Todas as semanas chega um autocarro trazendo um novo turno de ingleses, mais ou menos sóbrios, e leva o turno dos seus compatriotas bastante menos sóbrios, que tinham terminado (felizmente para nós) a sua estadia.
E digo: "felizmente para nós", porque a sua estadia no empreendimento é devastadora (elevadores avariados, lixo, vidros partidos, interruptores sem funcionarem …) e marcada por garrafas de cerveja vazias lançadas das varandas para os jardins e de pontas de cigarro que acabam por cair nas varandas de alguns apartamentos que, por construção, as têm um pouco mais avançadas.

Gente fina: ladies and sirs.

Felizmente que em 2007 o seu número diminuiu significativamente e também felizmente, por terem sido substituídos por espanhóis, com os quais não houve quaisquer problemas. Fazem um pouco de barulho, mas está na sua índole e animam os “mortos” portugueses.

Por estes motivos venho agradecer a um tal Simon Heffer, que parece ter escrito num jornal britânico denominado "Telegraph", ou "Telegraph, qualquer coisa" ( os britânicos têm uma grande imaginação para diversificarem os títulos dos jornais):

NÃO VÃO DE FÉRIAS A PORTUGAL

Escrevinhou mais umas coisas, com aquele "sense of humour" de que se arrogam, mas que poucos percebemos, talvez por não sermos ingleses e ainda bem:

"Se os McCann mataram a Maddie então eu sou o Barack Obama".
Por favor, não ofenda o futuro Presidente dos EUA.

E termina a sua “escrevinhadela” com um texto "very british":

"Portugal tem revelado que é uma republica das bananas. Tenha filhos ou não, deve ser adulto e ponderar se quer ir passar férias a Portugal."

Como Portugal não é uma "república das bananas", goze as suas próximas férias na Nigéria, onde poderá comer bananas à vontade.* Faz parte da Commonwealth, não é?

* Parece serem parte importante da sua alimentação …

24 Comentários:

Às 09 janeiro, 2008 07:47 , Blogger Antes Prefiro disse...

sinceramente... até me custa a acreditar, segundo o que nos dizes, que esse artigo tenha saído no The Daily Telegraph, um jornal-jornal, não um mísero tablóide rasca; um jornal que eu até tinha em boa conta e do qual costumo ler a edição on-line.
gostava de saber onde vão buscar estas coisas; o senhor que escreve esse artigo não deve concerteza estar ciente que em termos de polícia científica, Portugal até tem bons recursos e bons técnicos - a aplicação dos resultados desse trabalho pelas restantes forças policiais é que nem sempre corre p'lo melhor.
esse tal de Simon deve ter é dor de cotovelo, porque nós temos um clima fantástico e ele por lá é só smog e chuva!
ele que se reduza à sua insignificância e que não faço o que critica, que é apontar o dedo sem provas...

 
Às 09 janeiro, 2008 09:24 , Blogger Peter disse...

"antes prefiro"

A notícia veio publicada sob o título: "Apelo para não visitar Portugal" na pág 11, ao cimo do lado direito, da edição de ontem, dia 08 JAN 08, do jornal "Correio da Manhã".
Transcrevi-a e comentei-a sarcasticamente.
Há mais de 11 anos que aturo esses ingleses, no Bloco J do Empreendimento.
O seu mau comportamento pode ser testemunhado pelos diversos administradores do condomínio, ou por outros condóminos, que, tal como eu, compraram lá apartamentos para seu uso pessoal.

As razões que teriam levado esse tal Simon Heffer a escrever o que escreveu, se o escreveu, não me interessam.

O que é preciso é que:

NÃO VOLTEM MAIS!

 
Às 09 janeiro, 2008 09:41 , Blogger Tiago R Cardoso disse...

preconceito inglês puro e duro, contra outros países.

 
Às 09 janeiro, 2008 10:28 , Blogger Peter disse...

"tiago"

A única coisa de bom que ao longo destes séculos todos a Aliança com a Inglaterra nos trouxe foi D.Filipa de Lencastre, mãe da "Inclíta Geração". Resta saber se os genes seriam dela, ou do nosso Rei D.João I.

 
Às 09 janeiro, 2008 14:55 , Blogger Papoila disse...

Peter:
O que prova que na Grã Bretanha há liberdade de expressão e os jornais publicam artigos de opinião mesmo não concordando com as mesmas. Em relação a este caso as opiniões são muito contraditórias no reino de Sua Magestade...
Quanto às férias desta gente o retrato é fiel... férias é igual a alcool e tabaco... Lamento dizer-te que não vais ver-te livre deles só por esta artigo...
Beijos

 
Às 09 janeiro, 2008 15:31 , Blogger D'age disse...

Os rapazes são de facto um pouco irrequietos... mas nós também somos um bocado república das bananas...
Sendo assim...
Olha siga a dança ;))

Abraço

 
Às 09 janeiro, 2008 16:20 , Blogger Meg disse...

Peter,

Só posso suscrever o que dizes, eu vivo aqui no meio deles e conheço bem essa realidade.
Claro que há excepções, mas o grosso dos turistas que nos chegam do reino de sua majestade, é, há mais de duas décadas, gente desse calibre...

Porquê? Porque é preciso ocupar as camas das milhentas unidades hoteleiras. Os operadores éstão no terreno... e o resto fica a cargo das low cost.

Que há a esperar?

Um abraço

 
Às 09 janeiro, 2008 19:28 , Blogger herético disse...

"contra os bretões, marchar, marchar!..."

isto com os ingleses são contas antigas. por pagar...

excelente.

abraços

 
Às 09 janeiro, 2008 22:07 , Blogger quin[tarantino] disse...

Peter, meu caro, pelo respeito que lhe tenho não escrevo mesmo o que me apetecia dizer de certos ingleses... olhe, lembre-se do que disse o Berardo e que ficou célebre...
Não lhe invejo a sorte!

 
Às 10 janeiro, 2008 00:19 , Anonymous lucia disse...

o que é estupido, é que precisamos dos estrangeiros para sobreviver. verdade seja dita, nós algarvios, sem estrangeiros nao temos muito trabalho. e ingleses é o que nao falta por aqui.

enfim, os ingleses dizem certas coisas de portugal, agora, como os irlandeses dizem dos ingleses, como os portugueses dos espanhois, como os espanhois dos portugueses.

é mais uma coisa que passa

so mais uma coisa...


lucia

 
Às 10 janeiro, 2008 09:10 , Blogger quin[tarantino] disse...

Então? Andam zangados connosco?
Os vossos comentários onde andam?

 
Às 10 janeiro, 2008 10:42 , Blogger bluegift disse...

O jornal tem razão numa coisa, é que a sorte grande dos McCann foi o caso ter ocorrido na "republica das bananas", porque se tivesse sido no reino de sua majestade já estariam detidos há muito tempo! Mesmo tão bem protegidos quanto estão pela Opus Dei, daí a incrível cobertura que têm obtido a seu favor por certos jornalistas e políticos do mesmo clube.

Quanto aos ingleses, tens razão. São assim em toda a parte. Não é por acaso que a GB foi um dos primeiros países a proibir a ingestão de bebidas alcoolicas na via pública.

 
Às 10 janeiro, 2008 14:05 , Blogger Belzebu disse...

Por onde anda a fleuma britânica? Pelas ruas da amargura...estou certo!

Aquele abraço infernal!

 
Às 10 janeiro, 2008 23:04 , Blogger Peter disse...

"papoila"

O "folhetim" que corre mundo é-me absolutamente indiferente.
Não sou estúpido para não ter há muito formado a minha opinião sobre o assunto.
Não aceito é que um inglês qualquer venha achincalhar o meu país e as suas instituições e, para tanto, apresentei o comportamento de alguns (muitos) dos seus compatriotas que vêm perturbar a minha tranquilidade e o meu modo civilizado de viver.

FIQUEM LÁ PELOS PUBS, QUE FICAM MUITO BEM.

 
Às 10 janeiro, 2008 23:13 , Blogger Peter disse...

"d'age"

Que sejamos um pouco de "republica das bananas" é um assunto para discutir entre nós.

Não aceito é que ingleses beberrões e mal comportados, não habituados a viver em sociedade, venham para aqui ameaçar com:

NÃO VÃO DE FÉRIAS PARA PORTUGAL

Pois que não venham e que VÃO PARA O RAIO QUE OS PARTA

 
Às 10 janeiro, 2008 23:30 , Blogger Peter disse...

"herético"

O pior é que eles sempre têm comido tudo e nós não comemos nada.

Quando é que esses tipos perdem as "basófias"?

Querem mandar em quem? É só por serem amigos do Pres. Bush?

 
Às 10 janeiro, 2008 23:37 , Blogger Olhos de mel disse...

Oie meu amigo lindo! Essa briga não me meto, até porque nem conheço nada a respeito. Mas li o post.
Beijos

 
Às 10 janeiro, 2008 23:38 , Blogger Peter disse...

quin[tarantino]

Tenho andado com uma valente constipação, daí a minha ausência e falta de disposição.
O Berardo é que tem razão e eu concordo com ele no que respeita aos ingleses.

P.S. - Ainda estou um bocado longe do recorde do Manuel de Oliveira.

 
Às 10 janeiro, 2008 23:41 , Blogger Peter disse...

"bluegift"

Acertaste na "mouche":

"Não é por acaso que a GB foi um dos primeiros países a proibir a ingestão de bebidas alcoolicas na via pública."

Por isso exportam os bêbedos?

 
Às 10 janeiro, 2008 23:47 , Blogger Peter disse...

Lúcia

"precisamos dos estrangeiros para sobreviver. Verdade seja dita, nós algarvios, sem estrangeiros não temos muito trabalho"

Não parece. Vou aí muitas vezes e vejo-me aflito para encontrar pessoas para trabalharem (informáticos, electricistas, canalizadores ...).

 
Às 10 janeiro, 2008 23:58 , Blogger Peter disse...

"olhos de mel"

É o caso daquela menina inglesa Maggie desaparecida.
Qualquer pessoa pode ter a sua opinião sobre o assunto: rapto, ou morte.

Mas não é isso que está em causa. O que está em causa é um articulista de um jornal inglês incentivar os seus conterrâneos (que não fazem cá falta nenhuma ...) a NÃO GOZAREM AS SUAS FÉRIAS DE VERÃO EM PORTUGAL e a dizer que o MEU PAÍS é uma "República das banananas".

Que vá para "o raio que o parta".

 
Às 13 janeiro, 2008 16:23 , Blogger António disse...

Ó Peter!
Decide-te!
Afinal somos ou não somos uma República das Bananas?

Abraços

 
Às 20 janeiro, 2008 00:54 , Blogger Peter disse...

EM TEMPO:

Vimo-nos livres dos ingleses:
- Os preços actualmente praticados no Empreendimento, por demasiado altos e a proliferação do aluger clandestino, afugentou o tipo de gente que por ali aparecia.

UF !!!

 
Às 20 janeiro, 2008 00:56 , Blogger Peter disse...

António

Poderemos ser, mas não gosto que sejam os estrangeiros a dizê-lo e, muito menos, ingleses beberrões e mal comportados.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial