quinta-feira, janeiro 17

O Realizador e o Duplo




Realizando um Filme

Estão a realizar um filme. Mas está tudo errado. Julgar-se-ia que o herói estaria triunfal no convés de um navio, mas pelo contrário está num cadafalso à espera de ser enforcado.
Julgar-se-ia que a heroína estaria a beijar o herói no convés desse mesmo navio, mas pelo contrário está a ser amarrada para um tratamento de electrochoques.
Multidões de camponeses que anseiam por democracia, e supostamente estariam a celebrar a morte de um tirano, estão, na realidade, a carregar esse mesmo tirano às costas, declarando-o o salvador do povo.
O realizador não sabe onde está o erro. O produtor está muito abalado.
O duplo pergunta repetidamente, agora? depois dá um salto e cai de cabeça.
Entretanto uma manada de elefantes atropela o elenco principal; e inundações fictícias estão de facto a inundar o palco.
O duplo pergunta novamente, agora? e dá um novo salto e cai de cabeça.
O realizador, coçando a cabeça, diz, talvez os electrochoques pudessem ser substituídos por insulina...?
Tem a certeza? pergunta o produtor.
Não, mas mesmo assim, podíamos tentar... E, já agora, esse duplo não é muito bom, pois não?

in "O Túnel", de Russell Edson

Qualquer semelhança entre o conto acima e a realidade política actual não é simples coincidência...

20 Comentários:

Às 17 janeiro, 2008 14:14 , Blogger Peter disse...

"bluegift"

Possivelmente não viste, mas no melhor programa da RTP1, o "Contra Informação", aparecia o Presidente do PSD (chama-se Menezes, não é?) em 1º plano e por detrás, à esquerda, à direita, ao alto, procurando "ficar na fotografia", o Santana Lopes.

É esta a oposição que vai tentar o "assalto ao Poder"?

Não brinquem connosco!

 
Às 17 janeiro, 2008 14:41 , Blogger Dalaila disse...

fantástica comparação, muito bem escolhido o texto, os intyervenientes, esses infelizmente todos conhecemos

 
Às 17 janeiro, 2008 15:05 , Blogger Ant disse...

Gosto de ti quando és sarcástico...
Lindo... hehehe

Abraço

 
Às 17 janeiro, 2008 15:15 , Blogger Carol disse...

Ironicamente verdadeiro e real... Esse é um filme que eu dispenso de bom grado!
Obrigada pelos comentários deixados ao meu texto no Silêncio Culpado.

 
Às 17 janeiro, 2008 15:19 , Blogger Tiago R. Cardoso disse...

Se fosse aplicado à politica passaria a ser uma telenovela...

 
Às 17 janeiro, 2008 17:51 , Blogger Belzebu disse...

Isto quer dizer que a crise dos argumentistas é diferente em Portugal. Nos Estados Unidos eles consideram que mereciam mais dinheiro, por cá não mereciam um chavo! Os argumentos são maus, o casting é péssimo, a produção não produz e a realização é de uma pobreza franciscana!

Só tenho pena é que não sejam os protagonistas a dar um salto e a cair de cabeça!

eheheh!! Aquele abraço infernal!

 
Às 17 janeiro, 2008 19:03 , Blogger quin[tarantino] disse...

Qualquer semelhança entre o conto acima e a realidade política actual não é simples coincidência?
Ai a malandra...

 
Às 17 janeiro, 2008 19:56 , Blogger bluegift disse...

Peter,
Ainda não vi. Terei de ir ao sítio de vídeos da RTP. Era aí mesmo que eu queria chegar e este conto saíu na hora certa.

Dalaila,
Mais interessante que os personagens visados é o autor do livro de contos, que muito te aconselho um dia a ler.

Ant,
Por acaso o sarcasmo é da minha autoria. O sócio maioritário anda em fase de spleen ;)

Carol,
Nada que agradecer. Foram merecidos e pertinentes. :)

Tiago,
Deste-me uma ideia ;)

Belzebu,
Completamente de acordo! Receio é que os sucessores não seriam muito melhores...

Quint,
Do piorio! ;)

 
Às 17 janeiro, 2008 23:41 , Blogger antonio disse...

E depois eu é que sou mau... eu nunca trataria o duplo assim!

 
Às 18 janeiro, 2008 02:13 , Blogger Olhos de mel disse...

Por incrível que possa parecer, também pode-se comparar com a política nossa. Que confusão, heim?
Beijos

 
Às 18 janeiro, 2008 10:24 , Blogger Ant disse...

Bluegift, caí no mesmo erro da malta. Ele é só Peter, Peter.... hehehe....
Então a casa está por nossa conta e risco é?

Beijo envergonhado... e bom sarcasmo...

 
Às 18 janeiro, 2008 12:52 , Blogger Peter disse...

ant

Está. Não me apetece fazer nada. Domingo publico aí uma "xaxa" qualquer.
Que tal vai a música?

Abraço.

 
Às 18 janeiro, 2008 14:15 , Blogger Meg disse...

Bluegift,

O argumento em si já deixa muito a desejar. Mas os artistas nem mesmo assim conseguem seguir o guião. Tudo muito deprimente.
Um desastre, um flop...
Ele há coincidências!!!!

Salva-se o Russell Hudson...vou à procuras d"O Túnel"

Um abraço e bom fim de semana.

 
Às 18 janeiro, 2008 17:12 , Blogger Manuel Rocha disse...

Ahaha!

Gostei !!!

PS: Blue: se uma taxa de diminuição de desemprego é dita por defeito, isso quer dizer que a taxa de empregabilidade foi maior...::))

 
Às 18 janeiro, 2008 17:26 , Blogger Manuel Rocha disse...

Nota em falta: a primeira é uma taxa de variação, a segunda não ( não evoluem na mesma razão... )

 
Às 18 janeiro, 2008 21:21 , Blogger bluegift disse...

António,
Pois, este duplo eu também acho que não irias demolir com lápis e marcadores ;)

Olhos de mel,
Aposto com você que andaram todos na mesma escola, você não duvide...

Ant
Dia santo na loja ;)

Peter,
Venha essa "xaxa"! É para isso que aqui andamos!

Meg,
O Russell é um surrealista, daí que os contos se adaptem como uma luva!
Um Bom Fim de Semana também para ti!

Manel, corazon mio,
Pregaste-me uma rasteira, já percebi ;)
Tenho que ter mais cuidado é com o que tu escreves não é com as estatísticas :D
Agora a sério: O artigo do Tiago pretende apenas denunciar as trapaças que se fazem com as estatísticas, no fundo, a mesma mensagem que pretendes transmitir. Mas não se pode generalizar o tipo de "trapaça", porque até esta tem limites de variação relativos e, imagina, previstos ;).

 
Às 18 janeiro, 2008 22:43 , Blogger Vieira Calado disse...

Infelizmente as cenas são as mesmo dum filme que já vi.

 
Às 19 janeiro, 2008 11:32 , Blogger bluegift disse...

vieira calado,
E não vão acabar tão cedo...

 
Às 20 janeiro, 2008 18:36 , Blogger António disse...

Pode ser coincidência tanto "non-sense", mas que há muitas semelhanças...lá isso é verdade!

Abraço

 
Às 21 janeiro, 2008 10:20 , Blogger bluegift disse...

António,
Eu diria que demasiadas coincidências.
Abraço também para ti.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial