quarta-feira, janeiro 30

Marques Mendes pediu pensão vitalícia

Notícia do semanário SOL, recebida por e-mail

Tem 20 anos de deputado
Marques Mendes pediu pensão vitalícia
O ex-líder do PSD pediu o subsídio a que tem direito depois de 20 anos a ser eleito
para a Assembleia da República
2 comentários / 5306 visitas
O ex-líder do PSD Luís Marques Mendes, que na semana passada renunciou ao cargo de deputado,
pediu a atribuição da subvenção mensal vitalícia. O pedido foi confirmado ao SOL pelos serviços da
Assembleia da República, mas ainda irá ser processado pela Caixa Geral de Aposentações.
A subvenção mensal vitalícia é uma prestação social a que vários deputados ainda em funções têm
direito. A pensão vitalícia, que chegou a ser garantida para quem estivesse oito anos no
Parlamento e, mais tarde, passou para um limite de 12 anos, foi revogada em Outubro de 2005.
Mas todos os deputados que até 2009 cumpram esses 12 anos têm direito a pedi-la.
Marques Mendes, que completou 50 anos em Setembro, não só cumpria essas condições, como as
ultrapassava. Eleito deputado desde 1987, Mendes tinha, portanto, 20 anos de parlamentar, ainda
que muitos deles passados com o mandato suspenso para exercer funções governativas. Esses 20
anos de deputado permitir-lhe-ão ter direito ao máximo da pensão: 80 % do último ordenado.
Segundo a lei, o valor da pensão é calculado «à razão do vencimento base correspondente à
data da cessação de funções do cargo em cujo desempenho o seu titular mais tempo
tiver permanecido, por ano de exercício, até ao limite de 80%». O vencimento bruto de um
deputado é de 3.631,39 euros. 80 % desse valor é 2905 euros sujeitos a impostos.
Segundo a edição de hoje do Correio da Manhã, a despesa pública com as pensões vitalícias dos
políticos será de 8 milhões de euros em 2008. Ainda segundo o CM, como são 383 os beneficiários
das pensões vitalícias, cada um receberá, em média, 1751 euros mensais. Entre os beneficiários da pensão vitalícia estão Isabel Castro, Almeida Santos, Manuela Ferreira Leite e Narana Coissoró.


Apropósito disso....






Também é poesia, ou não?
(Foto tirada do Google)

9 Comentários:

Às 30 janeiro, 2008 11:46 , Blogger Blondewithaphd disse...

Nada mau!!!! Trabalhar 20 anos e ter direito a reforma!!! Pobres de nós que só nos vamos reformar aos 70...

 
Às 30 janeiro, 2008 11:49 , Blogger Peter disse...

Queres saber quanto ganha o presidente da Reserva Federal dos EUA?
Clica em:

http://www.federalreserve.gov/
generalinfo/faq/faqbog.htm

"What are the salaries of the Board members?"

Congress sets the salaries of the Board members. For 2008, the Chairman's annual salary is $191,300 (133.910 € ou seja 26.846 contos). The annual salary of the other Board members (including the Vice Chairman) is $172,200.

É claro que isto acontece nos EUA, que é um país pobre.

P.S. - Agora não tenho tempo para ler os sites que indicas.

 
Às 30 janeiro, 2008 12:54 , Blogger Belzebu disse...

Tudo bons rapazes e só por isso é que essas pensões são merecidas! Passaram todos muitos anos a pedir ao Zé para apertar o cinto, não foi? Então? Prestaram um bom serviço e são agora recompensados pelos Zés deste país!

Aquele abraço infernal!

 
Às 30 janeiro, 2008 12:58 , Blogger quintarantino disse...

Esta já era conhecido há uns tempos, mas é sempre bom não deixar cair no esquecimento.
E a foto, que apropriada está...
Muito bem.

 
Às 30 janeiro, 2008 14:46 , Blogger Sombras de Fim do Dia disse...

também quero.................

 
Às 30 janeiro, 2008 20:27 , Blogger bluegift disse...

É poesia, é. E da grossa!

 
Às 30 janeiro, 2008 21:51 , Blogger herético disse...

pois...

 
Às 31 janeiro, 2008 11:07 , Blogger Ant disse...

LOL

 
Às 31 janeiro, 2008 18:08 , Blogger Meg disse...

Peter,
Está neste momento o Silva Lopes, na Sic Noticias, a dizer que não há dinheiro.
Não há dinheiro?
Haver há, mas sempre para os mesmos.
Uma pessoa já não sabe o que dizer.
Ao que chegou esta "espécie de país"!

Um abraço

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial