segunda-feira, março 2

Casou-se com uma cabra

Um sudanês foi obrigado a casar-se com uma cabra, depois do dono da mesma o ter surpreendido a ter relações com o animal.
Alifi, o dono do caprino, levou o caso para ser apreciado por um conselho de idosos da vila onde reside e a assembleia decidiu que o indivíduo deveria não só pagar uma indemnização de 45 € a Alifi, como casar-se com a cabra.

Se a moda pega…

4 Comentários:

Às 02 março, 2009 17:56 , Blogger antonio - o implume disse...

Às vezes dou comigo a olhar para os patos no lago... de forma muito inocente, tá claro.

Mas uma cabra? Sempre vai ter leitinho logo pela manhã!

 
Às 02 março, 2009 18:22 , Blogger Peter disse...

antonio - o implume

E agora que tenho andado a debater no "Notas soltas...ideias tontas" o projecto do PS sobre a alteração do Código Civil no que respeita ao casamento, vem mesmo a calhar.

 
Às 03 março, 2009 11:45 , Blogger Ferreira-Pinto disse...

Se a moda pega ... hum, eu conheço alguns que casaram voluntariamente com "cabras" mas de duas pernas! :)

 
Às 03 março, 2009 21:17 , Blogger Compadre Alentejano disse...

Se essa lei pegasse em Portugal, já viram com quantos portugueses teria o Socras que casar? É que ele tem f..... a malta toda!...
Compadre Alentejano

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial