segunda-feira, outubro 6

Pilares da Criação


A imagem acima tornou-se uma das mais famosas dos tempos modernos. Tirada pelo telescópio espacial Hubble em 1995 na nebulosa da Águia, mostra-nos estrelas recém-nascidas dos “glóbulos gasosos de evaporação” (EGGs*), que emergem dos pilares constituídos por hidrogénio molecular e poeiras. Estes pilares gigantescos têm anos-luz de comprimento e são tão densos que no seu interior o gás se contrai gravitacionalmente, desmoronando-se sob o seu próprio peso e dando forma a estrelas novas que continuam a crescer enquanto acumulam cada vez mais massa do material que as rodeia.
Uma torrente de gás ultravioleta, proveniente dessas estrelas novas, aquece o gás envolvente ao longo da superfície interior das colunas, num processo designado por “foto-evaporação”. Os “ovos” que são mais densos ficam no fundo do pilar depois que o gás que os rodeava se evaporou, enquanto os outros vão subindo. Alguns ficam inicialmente na extremidade de “dedos”, gás que fora protegido da foto-evaporação pelas sombras dos ovos. Outros, libertos completamente do material envolvente, abandonam as “maternidades” estrelares. A luz ultravioleta das estrelas próximas também vai escavando no gás dos pilares, ajudando a libertar os “ovos”.
Alguns astrónomos acreditam que, uma vez libertas dos “ovos”, as estrelas continuam a crescer até que atinjam o ponto de fusão nuclear. Quando isto acontece nasce o vento estelar que afasta o resto do material residual que ainda envolve a estrela.

Esta é a primeira vez que nós vimos realmente o processo de formação das estrelas. Até certo ponto o processo parece mais ter a ver com a Arqueologia, em que a erosão põe a descoberto ossos e artefactos, do que com a Astronomia.
* “Ovos” em inglês.

3 Comentários:

Às 06 outubro, 2008 09:37 , Blogger Ferreira-Pinto disse...

Desta astronomia que aqui nos mostra, gosto.
Simples, escorreita e ao alcance de todos.
A lembrar a facilidade de comunicação de Carl Sagan.

 
Às 06 outubro, 2008 19:46 , Blogger Tiago R Cardoso disse...

uma imagem absolutamente impressionante, voltas a um dos temas meus preferidos.

 
Às 07 outubro, 2008 10:08 , Anonymous Ashera disse...

Excelente!
Este também é um assunto que me fascina, e muito bem escrito por sinal!
Obrigada amigo Peter
Beijos

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial