terça-feira, dezembro 18

A “casinha” de Robert Mugabe

A quem pertence esta opulenta mansão?.....



Finalmente alguém obteve estas fotos (há mais e no mesmo género).
Imaginem quem tem este gosto e vive nesta opulência?
Um Bilionário Americano?
Um Principie Saudita?

Esta casa parece pertencer ao Presidente do Zimbabwe, Robert Mugabe. Pelo menos foi o que me foi dito no e-mail que recebi e que circula por aí e eu acreditei, acredito em tudo. Até acredito que existem "discos voadores".

O que posso acrescentar? Sei lá! Eram capazes de me cair em cima:
- “Porque não há-de ter esse direito? Os bilionários brancos não as têm?”
- Não sei, nunca lá entrei nem vi fotos delas.
- “Os colonialistas brancos não as tinham?”
- Não. Acho que não, pelo menos não tinham tão mau gosto.

Também são capazes de me chamar “fascista”. Não, de facto não sou. Sou qualquer coisa. Qualquer coisa sem classificação, mas que ficou extremamente chocado com as reportagens publicadas na VISÃO e no Expresso sobre o Zimbabwe.
Também me podem vir dizer que as reportagens foram pagas pelos colonos ingleses, expulsos pelo patriota Mugabe.

Digam o que quiserem, o que eu sei é que o indivíduo (?) em questão andou por aqui a comer à minha custa.

19 Comentários:

Às 18 dezembro, 2007 19:36 , Blogger leonor costa disse...

Também recebi esse e-mail e até me custa a acreditar!Acho inconcebível!

Bo Natal!

HOJE E AMANHÃ

 
Às 18 dezembro, 2007 19:52 , Blogger Papoila disse...

Olá Peter!
Pois... Incrível mau gosto e opulência de um "novo-riquismo" assustador e tudo o que isso significa...
Beijos

 
Às 18 dezembro, 2007 20:20 , Blogger Blondewithaphd disse...

Guess what, I don't believe any white colonial in Zimbabwe had a mansion like this. But that's not the point. The point is that this person in question is not "old money". He made his money on account of the exploitation of Zimbabweans: white and black. And on account of the charity we send to Africa (coincidently I've just posted on that!).

May your Christmas be also a time of peace and joy in the delightful presence of all those you love.

 
Às 18 dezembro, 2007 22:32 , Blogger SILÊNCIO CULPADO disse...

É de um mau gosto estético e de uma opulência pornográfica.
Olha, é revoltante, simplesmente. Subscrevo tudo o que dizes palavra a palavra.
Um abraço

 
Às 19 dezembro, 2007 00:00 , Blogger Meg disse...

Peter,

Já percebi que também bebeste água do Bengo. E conheceste Luanda.
Eu recebi o lote de fotografias.

Querias que dissesse o que penso?

Se é verdade, e pode ser, conheço bem o local e há MUITAS "casas", como essa, já vi com os meus olhos.

E não te surpreenderás se te disser que grande parte delas é pertença de off-shores.

Qual a admiração, Peter?

No país onde o salário mínimo "disparou" (foi o que ouvi hoje, há torneiras de ouro, e não só, em muitas mansões, no mesmo local... e de portugueses.

OBSCENO!!!!

Um abraço

 
Às 19 dezembro, 2007 10:20 , Blogger quintarantino disse...

Quando Mugabe ascendeu ao poder não tinha esta mansão.
Quando Mugabe sair do poder alguém herdará esta mansão e milhões sonegados ao erário público e às generosoas ofertas da comunidade internacional.
É por isso que sou contra os perdões de dívida... se todos sabemos que aquilo foi desviado/roubado, está-se a perdoar o quê?

 
Às 19 dezembro, 2007 11:21 , Blogger Ant disse...

A questão é simultaneamente simples e complicada: sempre houve, há e haverá gente muito rica (brancos, amarelos, pretos, etc.) e muito pobre ((brancos, amarelos, pretos, etc.).
Por norma essa gente rica é-o à conta de toda a gente pobre que permite que a gente rica enriqueça à sua conta... confuso? Pois...

 
Às 19 dezembro, 2007 14:07 , Blogger Peter disse...

Quintarantino

Está-se a perdoar para se poder ir lá sacar.

 
Às 19 dezembro, 2007 14:30 , Blogger Peter disse...

ant

Não concordo. Claro que se eu tiver 500 e tu outros 500 e gastar os meus na farra e tu investires num trabalho produtivo, eu fico pobre e tu prosperas. SIMPLEX?

O problema são os Estados Africanos, alguns. Não queiras comparar a vida na África do Sul com a do Zimbabwe. Foram os colonos britânicos que levaram à fome o "celeiro" de áfrica? Dá vontade de rir se não fosse trágico:
- O Zimbabwe a importar comida da Tanzânia, país que nada tem e por isso não desperta a cobiça dos organizadores de Conferências.

Andamos a dar de comer a países governados por esses "tiranetes", Mugabes e outros que tais, metemos lá as ONG, etc,etc, porque há ainda muito para sacar.

A Sida, a fome, a malária, a miséria ... não são problemas que aflijam os detentores do Poder, que também o são das riquezas.

 
Às 19 dezembro, 2007 19:08 , Blogger Peter disse...

Meg

Vivi 4 anos em Luanda. Tenho por Angola um carinho muito especial, pois nasceram lá dois filhos meus.
Não morro de amores pelo José Eduardo dos Santos, como não estou de acordo com a atitude de subserviência que por vezes tomamos.
As relações entre Estados têm de pautar-se por respeito mútuo.

 
Às 19 dezembro, 2007 19:16 , Blogger Peter disse...

"Blondewithaphd" e "silêncio culpado"

Estamos no mesmo "comprimento de onda". Estes casos não podem ficar confinados a e-mails que circulam pela NET. Têm de ser publicamente denunciados, até porque há muitas pessoas que não os receberam, mas por certo ficaram extremamente chocados, com as fotos e os textos publicados nos nossos media.

 
Às 19 dezembro, 2007 19:26 , Blogger Peter disse...

Leonor Costa

O mínimo que podemos fazer é dar a maior publicidade a estes casos e não os deixar confinados a uma troca de e-mails.

P.S. - Adicionei-te aos n/links.

 
Às 19 dezembro, 2007 19:40 , Blogger Peter disse...

"papoila"

O actor americano George Clooney, no encontro anual de laureados com o Prémio Nobel da Paz que há 8 anos se realiza em Roma. a propósito do Darfur, disse:
- "muitas organizações ajudam com a mão esquerda e fabricam armas com a direita".

É assim ...

 
Às 20 dezembro, 2007 10:50 , Blogger Ant disse...

"muitas organizações ajudam com a mão esquerda e fabricam armas com a direita".

Era disto que eu falava mas sem ser tão restrito.
A verdade é que as "boas intenções", de que o inferno está cheio, mais não são que máscaras para continuar a tirar proveito de quem não está protegido.

Por outro lado, meu amigo, este indivíduo é apenas um exemplo, como todos sabemos, do que sapassa por todo o lado, seja em África ou na Ásia e mesmo por cá.

Acgho que o "Escuta Zé Ninguém " do Reich ainda é um manual a ler...

Abraços

 
Às 20 dezembro, 2007 18:43 , Blogger Peter disse...

"ant"

Tenho esse livro "fabuloso". Julguei que já ninguém se lembrasse dele.

 
Às 20 dezembro, 2007 20:43 , Blogger Meg disse...

Mas espero ter-me feito entender, Peter!
E.dos Santos, Mugabe e outros que tais, é tudo gente da mesma igualha.
Dizes bem... a Rodésia, quem a conheceu. O Congo. Angola, Moçambique com fome, pode ser?

Nós sabemos do que falamos.

Um abraço

 
Às 21 dezembro, 2007 14:30 , Blogger António disse...

Olha que não foi só à tua custa!
Foi à custa dos contribuintes dos 27 países da UE.

 
Às 21 dezembro, 2007 15:31 , Blogger Peter disse...

António

Eu sou um dos contribuintes de um país da UE.

 
Às 23 dezembro, 2007 22:34 , Blogger Heloisa B.P disse...

MAS QUE BELA E "POBRE" CASINHA!!!!!!

PETER, MEU AMIGO, GRATA PELAS GENTIS E AMIGAS PALAVRAS QUE ME TEM DEIXADO, PELOS MEUS ESPACOS DE ESCRITA!

_RENOVO OS VOTOS DE BOM NATAL!

ABRACO.
Heloisa
********

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial