sábado, dezembro 15

Novo Bastonário da Ordem dos Advogados

O blog "Grande Loja do Queijo Limiano"
(http://grandelojadoqueijolimiano.blogspot.com/ ) que consta dos n/links, publicou no Domingo, 09 Dezembro, um artigo com o título: "Marinho e Pinto, bastonário da ordem ética", de que destaco o seguinte extracto:

«À pergunta (do "Público)
- “devia ser incompatível ser advogado e deputado?”

Marinho e Pinto (novo Bastonário da Ordem dos Advogados) larga uma bomba nuclear para o nosso sistema democrático de trinta anos:
- “ Claro. Quem participa na administração da justiça não pode participar na feitura das leis. É um princípio sagrado. Quem faz as leis não pode ter clientes privados (...)”»

É melhor lerem o artigo todo.

5 Comentários:

Às 15 dezembro, 2007 02:43 , Blogger Belzebu disse...

Falas em bomba nuclear e não poderias ter mais razão! Logicamente esta opinião irá cair em saco roto, mas não deixa de transmitir todo um descontentamento generalizado, em relação a conflitos de interesses que aqui e ali vão minando a escassa credibilidade da justiça. Mas há aqui um dado novo, que se prende com o facto de estas declarações serem proferidas pelo novo Bastonário da Ordem dos Advogados, o que lhes confere um peso considerável. Julgo que iremos ter vários episódios interessantes, protagonizados por Marinho e Pinto ao longo do seu mandato e o seu desempenho, será tudo menos pacífico!

Aquele abraço infernal!

 
Às 15 dezembro, 2007 09:27 , Blogger quintarantino disse...

Isso nem devia ser questão que se colocasse.
De qualquer modo, eles lá com os pareceres e quejandos precisam disso para quê? Quando digo disso, refiro-me obviamente à cédula da Ordem...
Um parecer pode ser vendido ao Estado sendo assinado por um Licenciado...

 
Às 15 dezembro, 2007 09:34 , Blogger Tiago R Cardoso disse...

Muito bem, evidente.

 
Às 15 dezembro, 2007 18:15 , Blogger Peter disse...

Penso que serve para os três comentadores:

Não custa nada clicar no endereço do blog, que está entre parênteses, ou no nome do blog que está nos links, e depois é só ler duas linhas, que até estão em "bolt" e que completam o último período, mas que são fundamentais para nos apercebermpos da gravidade da declaração, que não é minha (nada de confusões) mas do novo Bastonário.

 
Às 21 dezembro, 2007 14:18 , Blogger António disse...

Elementar, meu caro Watson...

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial