terça-feira, maio 15

EDUCAÇÃO

NOTAS REVELAM BAIXA DE QUALIDADE DO ENSINO PÚBLICO?

"NÃO. Já é altura de deixar de culpar a escola pelos maus resultados dos alunos. Haverá professores menos adequados à função e os manuais não serão os melhores. Mas OS RESPONSÁVEIS PELAS NOTAS MISERÁVEIS QUE PREENCHEM AS PAUTAS SÃO OS ESTUDANTES E OS PAIS. Os primeiros, porque não estudam. Os segundos, porque não os obrigam a estudar."

(Paulo João Santos, editor de fecho, "Correio da manhã", 14 MAIO 2007)

Aí vêm os paizinhos dos meninos “à carga” ...

11 Comentários:

Às 15 maio, 2007 03:19 , Anonymous lucia disse...

é a mais pura das verdades.
porque negar se o resultado está mesmo à vista?

Enfim..

abraço**

 
Às 15 maio, 2007 09:00 , Blogger Peter disse...

Lucia

Porque se nega?

Porque o Governo tem de apresentar à CEE elevados índices de escolaridade, mesmo que muitos dos alunos que lá andam se estejam nas tintas para o estudo e que também muitos outros precisem e necessitem mesmo de trabalhar.

Daí tambem o "facilitismo" dos professores, sujeitos a agressões dos pais dos alunos, e a quem é exigido cada vez mais e se criam dificuldades de tal ordem, quando se "chumba" um aluno, que dá muito menos trabalho "passá-lo". Por isso a iliteracia cada vez maior que existe.
É confranjedor asssistir nos concursos da TV a tantas e tantas respostas, reveladoras da maior ignorância.

Mas tudo isto não se pode dizer ...

 
Às 15 maio, 2007 09:33 , Blogger bluegift disse...

O ensino técnico devia começar mais cedo e estar adaptado às necessidades locais, mas como nascemos todos para doutores benza-se a mesquinhez da mentalidade vigente...

 
Às 15 maio, 2007 09:34 , Blogger bluegift disse...

e engenheiros... :P

 
Às 15 maio, 2007 10:24 , Blogger Peter disse...

"blue", nos meus tempos de estudante, já muito longínquos, havia na cidade, a Escola Comercial e Industrial e o Liceu.
Com o 25 do 4 entendeu-se ser uma descriminação e aí temos o resultado.
Há dias recebi um documento enviado por um advogado em que eram citados como testemunhas uma série de Drs. Pura "cagança", até porque eu sei que eram apenas Lics, mas o normal seria mencionar simplesmente o nome das pessoas.

 
Às 15 maio, 2007 10:52 , Blogger bluegift disse...

É um estigma 3ro mundista demasiado enraizado. Aqui, até os "professores doutores" são tratados por "senhor" e se os tratas por "professor" ficam intrigados, é como se em troca te devessem chamar "aluno"...

 
Às 15 maio, 2007 13:16 , Blogger Papoila disse...

Peter:
A mais pura e dura realidade e ensino absolutamente desajustado a quem não quer mesmo estudar e tem de cumprir escolaridade mínima. Concordo que a grande asneira foi o encerramento das escolas técnicas e industriais sem (já lá vão 33 anos) terem sido substituidos por nada de semelhante. Nenhum dos programas que foram sendo inventados para o insucesso e abandono escolar têm resolvido o problema dos que não querem mesmo ir para a escola e têm de sair com a escolaridade mínima (que até já se transformou em anos de escolaridade...)
Beijo

 
Às 15 maio, 2007 16:41 , Blogger Betty Branco Martins disse...

Olá Peter

Foste nomeado____passa pelo "Fragmentos"

Beijinhos

 
Às 15 maio, 2007 17:46 , Blogger Manuel Carvalho disse...

99,99% de acordo. Por alguma razão estamos no país dos arquengedoques (arquitectos, engenheiros & doutores, SARL), já que os malvados dos republicanos acabaram com os duques, marqueses, condes, viscondes e barões. Não há pachorra para aturar tanta estupidez.

 
Às 15 maio, 2007 21:50 , Blogger Peter disse...

"papoila", é como dizes:

"a escolaridade mínima (que até já se transformou em anos de escolaridade...)"

É o cúmulo!

 
Às 15 maio, 2007 22:09 , Blogger António disse...

Olá, Peter!
É o facilitismo!
É o facilitismo!
Mas se alguém luta contra ele é mau e é fascista...

Um abraço

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial