quarta-feira, fevereiro 14

Sim amor...


... esqueci a raiva

enquanto permaneci

nos encantos da tua pele,

nos aromas dos teus beijos

no teu olhar iluminado.


... enquanto te percorri

com os dedos trémulos

Emoção em cada gesto

em cada sorriso

em cada sorriso.


Agora,

reconheço a distração

que me prendeu sem sentido

a todas as palavras

a todas os desejos...

Agora,

peço-te que me olhes

me reconheças.


O fogo extingui-se, amor.

Fujo para outro céu

onde a luz nunca finda

onde a brisa me afaga.


Amor,

o tempo percorre-nos,

suga-nos o desejo


Apenas ficam sonhos...

... os sonhos que não morrem,

apenas se escondem na bruma.


(Foto: Anabela Luís)

6 Comentários:

Às 14 fevereiro, 2007 14:24 , Blogger Ant disse...

Ó mosqueteiros, ainda não debandei.
Peter o meu mail mais usado está no blog mas eu deixo aqui. aluares@gmail.com

Este domingo lá estarei de novo no mesmo local com as cordas nas mãos, às 23.30 caso possas rapaz.

Enfim a coisa está em fase de organização... pois, eu sei que é há meses... mas isto custa, pá...

Um abraço e vai dizendo, sim, que às vezes dá para acordar ;)))

 
Às 14 fevereiro, 2007 20:11 , Blogger Paula Raposo disse...

Acontece...Ant. É por ser dia 14??!!

 
Às 15 fevereiro, 2007 01:23 , Blogger Peter disse...

António, gostei em especial do último verso:

"Apenas ficam sonhos...
... os sonhos que não morrem,
apenas se escondem na bruma."

Abraço

 
Às 15 fevereiro, 2007 08:28 , Blogger bluegift disse...

Ai paixão, paixão

Um poema de amor a brindar, e bem, o dia dos namorados.
Ó Peter, 23h não é assim tão tarde ;)

 
Às 15 fevereiro, 2007 09:22 , Blogger MARTA disse...

Os sonhos não morrem - apenas ficam adormecidos...
Sustentam-nos...
Lindo poema, Ant - gostei muito.
Beijos e abraços
Marta

 
Às 15 fevereiro, 2007 17:48 , Blogger Heloisa B.P disse...

MAS QUE BELO POEMA!
E, NAO, "OS SONHOS NAO MORREM"!Era so' o que faltava!!!! que seriamos nos sem "OS SONHOS", "BESTAS", talvez como diz *PAULA RAPOSO* TAMBEM NUM BELISSIMO POEMA!!!!!
ABRACO SAUDOSO!

A FOTO E' LINDISSIMA, TAMBEM!
Heloisa
*********

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial