terça-feira, fevereiro 6

Aditamento

O que se segue deveria ter sido escrito no artigo abaixo. Não o fiz para não o tornar demasiado extenso. Faço-o agora:

No que respeita ao 1º texto, aborda o impacto tremendo que o encontro com “seres pensantes”, habitando outro planeta numa galáxia distante, ou mesmo na nossa, teria em qualquer das grandes religiões monoteístas.

É claro que tal “encontro” nunca acontecerá, não só pelas razões aqui largamente expostas, como até porque estamos empenhadíssimos em rebentar com o “calhau” em que vivemos.

-Baudolino:

"Mas o que te importa a ti se existem outros mundos ou não?"

- Borão:

“ Importa, importa. Porque se existissem, Nosso Senhor deveria ter-se sacrificado em cada um deles e em cada um consagrar o pão e o vinho.”

Vejamos a segunda citação:

- Baudolino

“Está bem, vamos fingir que os “blémios” são como os “ciápodes”, e o que pensam sobre a natureza de Nosso Senhor no fundo não nos diz respeito.”

Onde se lê “blémios”, pode ler-se “ocidentais”, do mesmo modo que onde se lê “ciápodes”, se pode ler “Muçulmanos”, ou vice-versa.

O que interessa é o ser, a pessoa, independentemente do seu aspecto físico, da sua cultura, ou da sua religião. Por isso, também onde se lê “Nosso Senhor”, se poderá ler “Maomé”.

5 Comentários:

Às 06 fevereiro, 2007 19:55 , Blogger Paula Raposo disse...

Este comentário foi removido pelo autor.

 
Às 06 fevereiro, 2007 22:30 , Blogger augustoM disse...

Baudolino tem razão. O poderem existir outros Mundos nada tem a haver com a Fé, pois está, conforme a conhecemos, é só nossa, criada por nós para nos servir.
Um abraço. Augusto

 
Às 06 fevereiro, 2007 23:29 , Blogger António disse...

Olá, Peter!
Mesmo com o aditamento, tiraste-me a vontade de ler o livro...ah ah ah.

Um abraço

 
Às 07 fevereiro, 2007 14:01 , Blogger António disse...

Meu caro Peter!
Agradeço-te a visita no 2º aniversário do meu blog.
Penso que andas nisto há muito mais tempo do que eu.
És um venerável veterano!
ah ah ah

Um abraço

 
Às 07 fevereiro, 2007 14:15 , Blogger Peter disse...

António, contando com o tempo nos Fóruns do SAPO, são mais de 6 anos. Depois é que apareceram os blogues, com grandes discussões entre os partidários de uns e de outros.

Tem sido agradável.

Nos blogs comecei com o "Poeira de estrelas", depois veio a série "Conversas de xaxa" , "CX2" e "CX3". Chateei-me com o SAPO e passei para o BLOGGER, com o actual "CX4", desde Junho 2005.

Outro abraço de parabéns.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial