sábado, fevereiro 10

REFERENDO

Não, não vou falar da minha posição no que respeita ao meu sentido de voto no acto cívico de amanhã, mas apenas lembrar que a nossa participação é fundamental. Entretanto leiam (e meditem) sobre todas as intervenções brilhantes que aqui foram colocadas, e que se traduziram num total espantoso de cerca de 5.056 (!) visitantes até às 24h de ontem, o que dá bem ideia do interesse que o assunto está a despertar em todos nós.

Entretanto e para desanuviar, vamos dar um passeio até à Suiça:

LUZERN
(Foto Peter)

A Kapellbrücke (Ponte da Capela) a mais antiga ponte coberta de madeira da Europa, construída no século XIV, passa sobre o Rio Reuss e é o maior símbolo da cidade.
É uma ponte diagonal, que ardeu em 1993, pouco depois de eu por lá ter passado, tendo ficado destruída cerca de 80% da sua estrutura primitiva, incluindo as pinturas do século XVII que foram substituídas por cópias quando da sua reconstrução.
Colada à ponte e do lado esquerdo, podemos ver a Wasserturm (torre da água), construída cerca de 1300, que já foi usada como prisão, câmara de tortura e arquivo municipal.

6 Comentários:

Às 10 fevereiro, 2007 08:12 , Blogger Paula Raposo disse...

Este comentário foi removido pelo autor.

 
Às 10 fevereiro, 2007 14:03 , Blogger António disse...

Caro Peter!
Já tive o prazer de passar 10 dias em Luzern (ou Lucerna) essa belíssima cidade suiça que é também um centro industrial, turístico e cultural.
Como lá estive em 1980 e até tenho um post sobre essa estadia no meu blog, lembro-me perfeitamente de ter atravessado a ponte antes do incêndio como tu te deves lembrar do Monte Pilatus.
Depois tentarei não me esquecer de te indicar a data em que escrevi o texto que se chama, salvo erro, "Luzern".

Um abraço

 
Às 10 fevereiro, 2007 15:16 , Anonymous Papoila disse...

Estive de passagem em Luzern. Linda Foto!
Beijo

 
Às 10 fevereiro, 2007 18:56 , Blogger António disse...

O prometido é devido:
O meu post sobre Luzern é de 07 MAR 2006.
Assim chegas lá num instante.
É relativamente longo mas acho que vale a pena ler.
(auto propaganda...eh eh)

Abraço

 
Às 11 fevereiro, 2007 00:16 , Blogger Peter disse...

Lucerna - Lucerne - Luzern

"Estávamos no final da primavera de 1980. (…) A urbe situava-se num dos extremos do lago e deste saía um pequeno rio que tinha o leito todo betonado de forma que já não era rio mas canal trapezoidal.

Perto da sua nascente, havia a mais velha ponte de madeira da Europa. Era muito estreita e toda fechada, de forma que quem a atravessava, em vez de ver o exterior podia apreciar pinturas representativas de cenas rurais, de caça e de pesca.
Há uns anos li a notícia de que esse monumento património da humanidade tinha sido devorado pelo fogo. Mas, posteriormente, soube que havia sido reconstruído. Ainda bem!
(…)
Eram bem animadas as noites de Lucerna.
Recordo-me que apresentei os bilhetes ou recibos de todos esses espectáculos na empresa, para eles me pagarem. Passados uns dias, recebi um telefonema do chefe da Contabilidade a dizer:
- Sabe, Sr. Fulano, não é habitual este tipo de despesas serem pagas pela empresa, mas desta vez vamos abrir uma excepção – disse ele.
- Peço desculpa, Sr. Pinto, mas não fazia ideia – respondi, fazendo-me de parvo.
E continuei:
- Agradeço a vossa compreensão e garanto que tal não se irá repetir.
Passados dois anos e meio a empresa faliu.
Ainda hoje me pergunto se terá sido por causa dessas despesas extra que eles me pagaram." *

(posted by António - Terça-feira, Março 07, 2006)

* - Se calhar foi …

 
Às 11 fevereiro, 2007 16:44 , Blogger MARTA disse...

Olá, Peter - já estive em Lucerna durante uma visita à minha irmã que viveu em Genéve vários anos.
Foi um "tour" interessante - fomos de comboio e passamos lá o dia.
Obrigada pela partilha.
Até já
Beijos e abraços
Marta

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial