quarta-feira, fevereiro 1

Paris


Estou triste, não me apetece escrever, por isso resolvi apenas publicar esta foto. Por vezes tenho a sensação que se ergue à minha frente um muro intransponível: o muro do tempo. Tenho saltado por cima.
O corpo cede, acaba por ceder, mas a mente, os sentimentos, não. Renovam-se. São outra entidade que paira por cima dele e que perduram para além da degradação do mesmo.
Por isso a morte é sempre a morte cerebral, mesmo que o corpo, indefinidamente, continue ligado às máquinas em estado vegetativo.

Foto triste, onde morreu a “Deusa do Amor”:

“Pont de l'alma”, um lugar onde o mistério do ocorrido persiste ( e persistirá ... ).

(foto de Peter)

22 Comentários:

Às 01 fevereiro, 2006 11:37 , Blogger LUA DE LOBOS disse...

Mas Paris em certas épocas tem uma tristeza especial que provem também da sua luz única.
Quanto ao mistério, outros "valores" mais altos se alevantam...
Li no Conversas de Xaxa 2 algo sobre um novo planeta, isto é, ele já lá está há "bué de time" :))) mas ainda há pessoal que se julga tão importante e perfeito que acha que somos os unicos no universo... gaita, precisam mesmo de óculos!!!!

 
Às 01 fevereiro, 2006 12:04 , Blogger MARTA disse...

Compreendo o que sente.
Também já me aconteceu.
De qualquer forma, passei por cá para lhe agradecer a visita ao meu blog.
A "casa" está sempre aberta aos amigos, mesmo que não tenha organizado um "chá à antiga".
Um abraço
Marta

 
Às 01 fevereiro, 2006 12:30 , Anonymous Anónimo disse...

Querido Peter,
para curar a tristeza só mesmo o sorriso:) Sorri mesmo que isso te custe, vais ver que te sentes um pouquinho melhor

beijinhos,
Lúcia:)

P.S. Belissima foto

 
Às 01 fevereiro, 2006 12:38 , Blogger Peter disse...

Obrigado Marta

 
Às 01 fevereiro, 2006 12:38 , Blogger Peter disse...

Obrigado Lúcia

 
Às 01 fevereiro, 2006 12:51 , Anonymous Anónimo disse...

Lamento saber-te triste...
Paris, cidade Luz... gostava que te iluminasse a alma e aquecesse o coração...
desejos de sorrisos,

Margarida

P.S.: Tb estou triste... faleceu um familiar... já se esperava mas nca se está preparado...

 
Às 01 fevereiro, 2006 13:05 , Anonymous AsasdoSentimento disse...

Na nossa vida por vezes são colocados muros intransponíveis, muitos deles conseguimos transpor, outros, contornamos mas ficam sempre alguns que só a morte nos consegue fazer passar por cima.
A foto e o texto faz-me pensar no ponto em que está o meu dia-dia.

Obrigado pelas tuas palavras no meu canto.

Um abraço

 
Às 01 fevereiro, 2006 13:53 , Blogger lazuli disse...

Também fico triste Peter.
E mais ainda por não ter conhecido Paris.

Encontrei este poema na net, que me desculpe o autor por não o conseguir identificar..


Uma por uma, as palavras muito antigas
a envolverem a imagem do vento.
Hoje, o vento é um corpo que nao perco
e o corpo é uma viagem e o seu infinito.
O corpo que é o invólucro de um interminável nome.
Um nome onde cabe sempre o que nunca
foi pronunciado e, por isso,
nao morrerá nunca.
Um nome para chamar o infinito.
É isso o amor.

Um beijo

 
Às 01 fevereiro, 2006 14:51 , Blogger Peter disse...

Margarida, infelizmente os teus motivos para estares triste, são muito mais gravosos.

As minhas condolências.

 
Às 01 fevereiro, 2006 14:57 , Blogger Peter disse...

"asasdosentimento", talvez os meus "muros" sejam contornáveis, mas as pessoas têm dias de melancolia.

Respondo sempre a quem nos visita. Quando é a 1ª vez, faço-o directamente no blog comentador, como sucedeu contigo.

Aqui, "lua de lobos" levanta uma questão que tratei no "C.xaxa2". Respondi-lhe directamente para o blog.

 
Às 01 fevereiro, 2006 15:03 , Blogger Peter disse...

"lazuli", muito belo o poema que citaste e quanta verdade.

Tenho dias em que estou assim e hoje é um deles. Costumo dizer que estou com o "spleen", relembrando Charles Baudelaire.

Beijo*

 
Às 01 fevereiro, 2006 15:32 , Anonymous zezinho disse...

Pareces-me melancólico. O certo é que estás imensamente criativo.
Desejo que essa tristeza passe logo.
P.S. Desculpa a ausência, mas o trabalho dá cabo de mim e não me deixa quase tempo nenhum, para além de ter estado doente.
Abraços

 
Às 01 fevereiro, 2006 17:03 , Blogger Isabella disse...

Peter, neste dia "cinzento" que tal um um ramo colorido de flores?! deixo-te estas... em forma de palavras:

Neste belo jardim....

cultivo de palavras
em asas de emoções!
correm Outonos
em folhas coloridas
abraçando vidas...

Neste jardim de canto
encanto de ti!
habitam laços
partilhas, abraços

e às vezes
parece-me ver
apenas às vezes
parece-me sentir
o jardim a florir

num paradoxo
multiplico flores
espalhando na relva
orgias de cores

e às vezes
parece-me escutar
apenas às vezes ...
parece-me ver
o voo breve de um pássaro

Paula Isabel

 
Às 01 fevereiro, 2006 21:38 , Blogger Su disse...

mas que se passa? para tristeza tamanha?

ops assim fico triste...o tempo, começo a detestar o tempo...

Baud; é antes de mais o homem que contempla impotente (como todos nós) a ampulheta do tempo a esvaziar-se.

jocas maradas de bom tempo

 
Às 01 fevereiro, 2006 22:08 , Blogger Peter disse...

zezinho, o receio do acidente que sofri me ter provocado uma lesão na coluna vertebral, só hoje, cerca das 19h se dissipou. É portanto natural que estivesse melancólico e triste.

Achas que estou imensamente criativo?
São "fases".

Sabes bem que cada um de nós contribui, na medida do possível, para o blog. Aliás, vou agora ler o teu "post".

Um abraço (pouco apertado, por causa das minhas costas).

 
Às 01 fevereiro, 2006 22:26 , Blogger Peter disse...

Obrigado Isabella, pelo teu "ramo colorido de flores".

 
Às 01 fevereiro, 2006 22:31 , Blogger Peter disse...

"su", o tempo pode ser bom e pode ser mau. É bom quando nos perspectiva melhores dias, que é o que me aconteceu, uma vez que parte das meus receios se dissiparam. Mas isso só há cerca de 2h o soube.

Obrigado pelo teu interesse*

 
Às 01 fevereiro, 2006 22:52 , Blogger BlueShell disse...

Sinto a tua tristeza!
A foto é bonita...

Não sou um irmão mais velho...mas...

Beijo, BShell

 
Às 02 fevereiro, 2006 09:42 , Blogger LUA DE LOBOS disse...

as melhoras rápidas e mais alegres
xi coração da
maria

 
Às 02 fevereiro, 2006 11:19 , Blogger Heloisa B.P disse...

OH, MEU AMIGO*! MAS O QUE E' ISSO???
Para alem da queda que o prejudicou fisicamente, que mais LHE acontece???
_Ja' estou como diz o *ZE'*:"ESTA' APAIXONADO"!!!...
Mas...Meu Carissimo Peter*, estar APAIXONADO faz bem a ALMA!e, ao CORPO, tambem!...
O PIOR, E' a "RESSACA" DA *PAIXAO*!!!
_Vamos la' levantar esse MORAL e, ESCREVER E...ETC...PORQUE SER SONHADOR*, FAZ PARTE DA CONDICAO:_SER POETA_!!!!!
Os Poetas, os escritores ou... simplesmente, os "Escrevinhadores", como eu, estao sempre APAIXONADOS! quando nao e' por um SER DE CARNE E OSSO...E' POR UM "SONHO"! ou...pelo trabalho, pelos Amigos,pelo Mar, pelo Sol...PELA VIDA!
MEU BOM AMIGO, para "Desanimada" e lamurienta... ja' basto eu, que ja' estou velha e, muito cansada!!!!!
VAMOS LA'! O "FUTURO E JA' ALI E...AO VIRAR DA ESQUINA, A FELICIDADE, OU...A "PRIMA DELA", ESTA' LA' SORRINDO PARA SI*!
Abraco, desta Sua distante Amiga, que ja' nao dispensa um cafezinha tomado junto a lareira desta SUA (VOSSA) CASA!!
Heloisa.
********

 
Às 02 fevereiro, 2006 12:25 , Blogger Peter disse...

Heloisa, o Zé, como está permanentemente apaixonado, julga os outros por ele.
Mas a sua escrita "enche" o blog.

Quanto a mim, foi um simples "acidente de percurso" que, felizmente, não deixou sequelas graves. Soube-o ontem cerca das 19h00 e daí ter passado o dia preocupado.

Agradecido pelas suas palavras sempre gentis e votos de melhor saúde.

 
Às 02 fevereiro, 2006 15:25 , Blogger Heloisa B.P disse...

*PETER*, AINDA BEM, QUE FICOU *BEM*!!!!!
Quanto ao *ZE'*, encher com Sua(DELE) ESCRITA, O BLOG*...E' CERTO!_A ESCRITA DELE "ENCHE" E ABRILHANTA, QUALQUER ESPACO*!_Porque ELE* e' um caso INVULGAR!tal como a MARIA AZENHA*, por exemplo, e' OUTRO CASO INVULGAR!
Mas... nao so' de"INVULGARIDADES/GENIOS", na ESCRITA (ou noutra qualquer manifestacao artistica), se compoe, se preenche, o panorama LITERARIO_DAS LETRAS EM GERAL_! senao, so' escrevia "MEIA-DUZIA"!
Nao! muito boa Gente escreve com valor e talento!_Tenho a honra e grato prazer de conhecer ALGUNS_!e, o *PETER*, sem ter pretensoes a "ESCRITOR", escreve muitissimo BEM e, provavelmente, dara' UM BOM ESCRITOR NO SEU GENERO_pode nao ser um POETA (QUE E'!_Nao faz VERSOs, MAS E'_!), um Novelista, etc... mas ser BOM ESCRITOR NA AREA DO SEU CONHECIMENTO E DA SUA VOCACAO!
Naturalmente, que isso, ja' nao me cabe a mim discernir, porque para tal nao tenho sabedoria, nem sou "critica literaria", nem sem ser "literaria"!!!
Eu leio e SINTO! E, ou gosto, ou nao gosto:PONTO. Mas... ate' mesmo, quando nao gosto, ou nao aprecio tanto, ainda assim, nao digo que nao presta!
No CONVERSAS DE XAXA, tenho muita dificuldade em dizer do que "nao aprecio tanto"!Porque, nao gostar, nao gostar... que me lembre, ainda nao li NADA!
_Bom, provavelmente, estarei oito dias sem ca' voltar, porque, hoje, ja' ca' estive tres vezes_EU SOU DE EXTREMOS_!!!!!
_RECUPERE RAPIDO< DESA QUEDA!
Resto de BOM DIA!
OMESMO PARA OS *RESTANTES CONVIVAS*!!!!!!
Heloisa.
******************

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial