domingo, janeiro 29

A transitoriedade da vida

Tinha planos para hoje, coisas há longo tempo esperadas e que tencionava fazer. Já repararam como a palavra "coisa" é abrangente, englobando tudo, desde o mais belo ao mais prosaico ?

“O mistério das cousas, onde está ele?
Onde está ele que não aparece
Pelo menos a mostrar-nos que é mistério?
Que sabe o rio disso e que sabe a árvore?
E eu, que não sou mais do que eles, que sei disso?
Sempre que olho para as cousas e penso no que os
homens pensam delas,
Rio como um regato que soa fresco numa pedra.

Porque o único sentido oculto das cousas
É elas não terem sentido oculto nenhum.
E do que os sonhos de todos os poetas
E os pensamentos de todos os filósofos,
Que as cousas sejam realmente o que parecem ser
E não haja nada que compreender.

Sim, eis o que os meus sentidos aprenderam sozinhos:
As cousas não têm significação: têm existência.
As cousas são o único sentido oculto das cousas.”

(Fernando Pessoa)

Sábado de manhã levantei-me e vim ao PC. Tinha-o, por esquecimento (pormenores), deixado ligado toda a noite. Aliás as noites são cada vez mais curtas. Tempo passado a dormir é tempo perdido. Já não se recupera e o crédito de vida fica mais reduzido. A minha alma (?) em alvoroço foi ver o correio e lá estava o e-mail que, apesar de esperado, é sempre uma terna surpresa. E é o “belo”.

Mas uma “prosaica” e estúpida “cousa”, num repente tudo mudou. Podia ter ficado paralítico, “pormenores”, como o PC ligado toda a noite.
Se eu acreditasse em Deus diria que:

“O homem põe e Deus dispõe”.

O interesse dos amigos deu-me forças para lutar e a certeza de que o Homem não é uma “ilha”. As novas tecnologias juntaram os fios quebrados …

19 Comentários:

Às 29 janeiro, 2006 01:14 , Blogger heloisa disse...

MEU AMIGO*,
FERNANDO PESSOA, E' FERNANDO PESSOA! NADa para comentar, so LER, ASSIMILAR E SENTIR_"COUSAS", OU COISAS_!...

Suas proprias PALAVRAS, PETER, sao muito bonitas!_Uma mescla de alegria ansei, alguma melancolia...que sei eu!?...
Mas...que "COUSA", ou "COISA", LHE ACONTECEU_para alem do PC ligado toda a noite(volta que nao volta, faco o mesmo!)???.......
_BELISSIMO O POEMA*, BELAS AS SUAS PALAVRAS, mas, nao sei porque, sinto alguma apreensao!
Bom, firmemente, sinceramente, empolgadamente, desejo que ESTEJA EM SAUDE!!!!!
_O MELHOR DOMINGO*!!!!!
Abraco.
Heloisa.
**********

 
Às 29 janeiro, 2006 02:00 , Blogger amita disse...

Olá Peter. Estive a pôr a leitura em dia, os belos artigos que publicaste, as imagens, os poemas, o "contrabaixo" do Zé que prima pela excelência. Transmito-vos o meu grande afecto pela inteligência e sensibilidade deste espaço. Este teu artigo deixou-me bastante preocupada. Que "cousa" grave terá acontecido para que o converas estivesse parado um dia? A sensibilidade me tolhe as palavras. Muita força envio para que se ilumine essa apreensão que senti. Um bjo com carinho a todos

 
Às 29 janeiro, 2006 02:44 , Anonymous Anónimo disse...

'Ninguém pode conviver sozinho com a beleza que é capaz de perceber. E quanto a nós, que buscamos o Absoluto, e que construímos um jardim usando a nossa própria solidão, a Vida nos deixou a imensa paixão para aproveitar cada instante, com toda a intensidade.'
Kahlil Gibran

Desejo tudo de bom para ti, Peter.

Lúcia.

 
Às 29 janeiro, 2006 04:10 , Blogger lazuli disse...

Uma aventura é a vida humana. E em certas alturas "escolhemos" momentos dela, para a partir daí olhar para trás ou para diante dessa aventura.
E é na transitoriedade dela, no caracter acidental da vida, que se encontra a sua eternidade.
Gosto muito do que escreves, Peter.
E espero que estejas bem.

Beijos

fernanda G.

 
Às 29 janeiro, 2006 09:48 , Blogger Peter disse...

heloisa, "alguma melancolia..." porque não haverá "MELHOR DOMINGO".

A ""COUSA", ou "COISA"," que me "ACONTECEU" foi um estúpido acidente, com uma forte pancada na coluna vertebral. Mas ando pelo meu pé e isso é um "milagre". Pelos vistos parece que os há ...

Grato pela visita e pelo seu interesse.

 
Às 29 janeiro, 2006 09:58 , Blogger Peter disse...

Lúcia, compreendi a tua explicação sobre "dupla personalidade". Fernando Pessoa teve mais ...

Outro dia fiquei "de burro", mas já passou.

Domingo chuvoso, meio chocho, como eu ...

 
Às 29 janeiro, 2006 10:05 , Blogger Peter disse...

"lazuli", julgo que foste ao jantar blogueiro na Associação 25 de Abril, de que sou sócio pagante.
Segundo o que detalhadamente me contaram devia ter sido um êxito, mas mesmo que quisesse, a "cousa" que me aconteceu não o teria permitido.
Irei fazer os possíveis por estar presente no próximo. Espero que sim. "A transitoriedade da vida" é como algo que se diverte a furar as "bolas de sabão".

Vamos olhar para a frente.

Beijos*

 
Às 29 janeiro, 2006 10:09 , Blogger Peter disse...

"amita" grato pelas tuas palavras imerecidas sobre as minhas "escrevinhadelas".

Respondendo ao teu interesse:

"Que "cousa" grave terá acontecido para que o converas estivesse parado um dia?"

Já o disse acima à Heloisa. Passei o dia no Hospital a fazer RX e exames. Depois sentado numa cadeira de espaldar direito e nada de PC. Mas agora dei uma fugida para vos ler ...

A vitória do Sporting atenuou-me as dores. LOL

Bom Domingo, minha cara amiga*

 
Às 29 janeiro, 2006 11:51 , Blogger bluegift disse...

Peter, mas o sporting ganhou ! e viva o sporting !

(as melhoras e vê se repousas bem; com cousas dessas não se brinca)

 
Às 29 janeiro, 2006 13:22 , Anonymous Anónimo disse...

Parabéns pelo sporting:) mereceu ganhar, pois o benfica esteve bastante mal.

Um dia chuvoso mas belo, hein Peter:)

Bjo*
Lúcia

 
Às 29 janeiro, 2006 14:05 , Blogger amita disse...

Olá Peter. Obrigado por minorares os meus receios. Acidentes acontencem todos os dias. Há que seguir em frente com toda a força. As rápidas melhoras, um bjo e uma flor para suavisar os dias que enfrentas

 
Às 29 janeiro, 2006 14:05 , Blogger Peter disse...

"bluegift", calcula que está a nevar abundantemente no Alentejo. Em Évora não sucedia há 50 anos!

Em Lisboa está um dia horroroso, o que atenua o ver-me obrigado a estar em casa.

O Sporting jogou bem e mereceu a vitória.

Vou fazendo pela vida, estou muito agarrado a ela (à vida).

Tudo bem contigo?

Beijinho amigo*

 
Às 29 janeiro, 2006 14:07 , Blogger Peter disse...

"amita", espero que não sejam muitos dias, senão fujo (se puder ...) *

 
Às 29 janeiro, 2006 14:13 , Blogger Peter disse...

Lúcia, preferia que o Sporting tivesse perdido, mas que estivesse aqui a escrever-te sem ter que desobedecer às prescrições médicas.
Mas neste momento já me levanto e sento na cadeira, com dores suportáveis.
Não posso é abusar do PC e venho aqui de vez em quando e por pouco tempo.

Tudo bem contigo?

Bj*

 
Às 29 janeiro, 2006 15:15 , Anonymous Anónimo disse...

Venho apenas deixar um beijinho de melhoras,

Margarida

 
Às 29 janeiro, 2006 15:29 , Blogger Su disse...

amei o poema ou~não fosse de fp

"Sempre que olho para as cousas e penso no que os
homens pensam delas,/Rio como um regato que soa fresco numa pedra."

jocas de melhoras para ti

 
Às 29 janeiro, 2006 15:57 , Blogger Peter disse...

Margarida, és um amor. Obrigado. Estive à janela a ver cair neve, em Lisboa!
Fui ao carro buscar a maq fotográfica. Já vês que ainda me movo com relativa facilidade.

 
Às 29 janeiro, 2006 16:00 , Blogger Peter disse...

Su, gosto destes versos finais:

"As cousas não têm significação: têm existência.
As cousas são o único sentido oculto das cousas"

Obrigado pelos votos de melhoras. Estou a recuperar. Sabes que caiu neve em Lisboa?

 
Às 29 janeiro, 2006 19:27 , Blogger bluegift disse...

Neve em Lisboa? Coisa que nunca vi. No Estoril sim, já lá vão uns 15 anos talvez, mas durou pouco. Aproveitem, nao é todos os séculos que tal acontece.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial