sexta-feira, outubro 28

Aeroporto de Faro


Um tufão destruiu o aeroporto de Faro. Como o temporal persistia fez-se o que se podia, com turistas enfiados em autocarros cerca de 2h à espera que a chuva parasse e depois levados para o outro lado do aeroporto, onde protegidos da chuva, mas ao frio e ao vento, passageiros com crianças e velhos puderam fazer o “check in” e depois foram submetidos a testes de segurança, se tal se podia chamar. Julgo existir uma “coisa” chamada ANA, mas não ouvi falar nela. O Governo já mandou fazer um inquérito, é o costume, assim como é o costume nunca ficarmos a saber nada. Num país do 3º mundo não seria pior.

Parece que as obras vão levar 3 a 4 meses, é melhor contarem com 5, também é o costume. E o aeroporto continua a ser utilizado nestas condições precárias? Porque não o fecham e passam a utilizar o de Beja? Como não há linha férrea, utilizavam autocarros para o transporte de passageiros, sempre eram menos quilómetros do que a ida para Lisboa ou para Sevilha. O aeroporto de Beja, que era militar, foi posto em óptimas condições e entregue aos civis com pompa e circunstância, e o gasto de milhões de €, no tempo de Sócrates. Está às moscas, parece que uma companhia “Low Cost” o utiliza e há a promessa de mais duas o virem a fazer.
Que S.Pedro tenha piedade de nós e não mande mais chuva…

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial