domingo, outubro 16

O fim do caminho

Acabou-se o sonho de uma vida de consumo imparável, protecção social do berço à cova e, com jeitinho e a palavra certa, um emprego vitalício a fazer coisa nenhuma.


Não procurem culpados. Os culpado somos todos nós.

3 Comentários:

Às 16 outubro, 2011 16:30 , Blogger bluegift disse...

Aplaudo de pé! Existe outro criminoso ainda mais facinora que a Banca, chama-se BOLSA de Valores!
Abraço.

 
Às 16 outubro, 2011 22:52 , Blogger Fernando Vasconcelos disse...

A Banca e a "Bolsa de Valores" não são mais do que os instrumentos necessários ao sistema onde vivemos. Não é possível viver sem eles. Nem o problema está na sua existência. O problema está é no controlo do poder politico pelo poder económico e pela subversão total de valores da sociedade que fez com que na ganância do imediato se esquecesse a prudência que deve ter quem gere negócios com relações com estas áreas. Nós somos culpados também porque também contribuímos para essa pressão do resultado, já. Mais e Mais e já. Não importa o método desde que o resultado seja atingido. Quando numa escola de gestão se ensina isto, não se pode efectivamente esperar outra coisa. Não existe regulação que resista à vontade mutua de fazer batota. Este é um dos problemas de base nesta crise.

 
Às 16 outubro, 2011 23:37 , Blogger Peter disse...

Agradecemos a sua contribuição para o blogue e esperamos continuar a contar com a sua presença.
Penso que mais gravoso que o controlo do poder político pelo poder económico será a influência que esse mesmo poder político possa ter sobre o poder judicial, agora concretizado pelo despacho de 10 de Outubro do PGR em que todos os processos que envolvam titulares de orgãos de soberania têm de passar pela PGR antes de qq pedido de diligência.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial