terça-feira, novembro 17

Cheira bem, cheira a Lisboa



“Lisboa cheira aos cafés do Rossio
E o fado cheira sempre a solidão
Cheira a castanha assada se está frio
Cheira a fruta madura quando é Verão”

Na voz de Amália…

(foto Peter)

Etiquetas:

6 Comentários:

Às 17 novembro, 2009 09:44 , Blogger Ferreira-Pinto disse...

Uma das coisas extraordinárias em Lisboa é a luminosidade da cidade. Isso, as suas gentes (as autênticas e genuínas) e uma ou outra banca de boa gastronomia!

 
Às 17 novembro, 2009 10:21 , Blogger antonio - o implume disse...

Amália foi quem melhor interpretou Lisboa.

 
Às 17 novembro, 2009 16:38 , Blogger Meg disse...

Peter,

Hoje não posso partilhar o teu sentir, porque de Lisboa só sei de breves passagens.
Mas os estrangeiros, sei que admiram a luz de Lisboa...

Um abraço

Ah... olha a novidade...
http://meg-experimental.blogspot.com/
com muito entusiasmo.

 
Às 17 novembro, 2009 17:28 , Blogger Madalena disse...

minha rica lisboa :))

beijinho*

 
Às 17 novembro, 2009 21:14 , Blogger Peter disse...

Meg

Parabéns pelo teu novo blogue, onde já estive. Desejo-lhe um futuro brilhante.

Nem sabes o que perdes por não conheceres Lisboa.

 
Às 17 novembro, 2009 21:16 , Blogger Peter disse...

Madalena

Lisboa é a cidade dos namorados.

Obg pela visita

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial