sexta-feira, setembro 18

A modernidade do BE

“Aquilo que andam a incitar a escolher é qual é o responsável que é o menos mau”, disse, em entrevista à Renascença, Adriano Moreira, um dos nossos senadores. O grande drama de muitos eleitores nestas legislativas passa, precisamente, por aí: sabem quem querem que perca, mas não sabem quem querem que ganhe.

Muitos do que votaram nos socialistas há quatro anos querem que eles agora percam pela arrogância e pela desilusão desta legislatura, porque desconfiam dos interesses e dos poderes por detrás deste PS ou só porque já não suportam ouvir José Sócrates.

Mas quem quer que Sócrates perca, deseja a vitória de Ferreira Leite? A líder do PSD enfrenta uma parte do eleitorado que saiu para a rua quando ela foi ministra da Educação, mais outra parte que ainda não lhe perdoou a obsessão com o défice e mais uns quantos que desconfiam do seu programa eleitoral e outros que gostavam que a senhora explicasse um bocadinho melhor o que pretende mesmo fazer se ganhar.

Pelo meio há os que têm votado no Bloco para castigar o PS, mas que não querem dar mais poder a este partido, os que até concordam com muito do que Paulo Portas diz, mas não confiam nele, e os que simpatizam com Jerónimo de Sousa, mas nunca votarão nos comunistas.

E assim caminhamos para umas eleições em que muitos querem que todos percam, mas poucos querem que alguém ganhe.”

(Eunice Lourenço, in “página 1” de 16SET09)

2 Comentários:

Às 18 setembro, 2009 17:38 , Blogger antonio - o implume disse...

Estamos mesmo nal!

 
Às 18 setembro, 2009 18:11 , Blogger Peter disse...

O "Gato Fedorento" era capaz de não estar a brincar quando perguntou ao Louçã se ele depois também lhe iria nacionalizar a fatiota :))

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial