domingo, julho 5


s o que me fascina nas ciências?
É o facto de aí encontrar a poesia suprema:
com a matemática, a embriagante vertigem dos números;
com a astronomia, o enigmático murmúrio do Universo.
Mas, por favor, não me venham falar de verdade!


Omar Khayyam, Rubaiyat

Etiquetas: ,

1 Comentários:

Às 07 julho, 2009 10:26 , Blogger Peter disse...

Omar Khayyam

"Omar Khayyam nasceu em Nishapur, actual Irão, a 18 de Maio de 1048. Para além do seu notável trabalho poético, que influenciou uma lista infindável de autores como Edgar Allan Poe ou Fernando Pessoa, interessou-se por disciplinas tão variadas como a filosofia, a geometria, a matemática e a astronomia. Neste último campo defendeu uma teoria heliocentrista séculos antes de Copérnico, e calculou a duração do ano solar em 365.24219858156 dias. Morreu a 4 de Dezembro de 1122."

Um homem do sec XII não merece uma palavra de apreço dos do sec XXI...

"Mas, por favor, não me venham falar de verdade!"

No panorama político actual este verso tem pleno cabimento.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial