quarta-feira, maio 13

Ignorância e irresponsabilidade

O jornal Correio da Manhã do dia 09 de Maio publicava sob o título: “Dinamite ilegal destrói sete casas”. Em sub-título acrescentava: “o rebentamento de 20 quilos de explosivo projectou o pesado e uma máquina de furar pedra para fora da estrada. O motorista ficou ferido.”
O artigo era assinado por Luís Oliveira:

“O transporte ilegal de 20 quilos de dinamite pode estar na origem da explosão que ontem danificou sete casas …)”

A dinamite foi inventada no século XIX por Alfred Nobel que a patenteou como “pó de segurança para explodir.” Este cientista adquiriu com essa patente uma grande fortuna, base do Prémio Nobel.
Antes da dinamite, usava-se a nitroglicerina como explosivo, porém as explosões acidentais eram um obstáculo demasiadamente grande para o seu uso. A nitroglicerina é um líquido altamente sensível a qualquer movimentação, portanto detonando com muita facilidade na sua produção, transporte e manuseio.
Para fazer a dinamite, precisa-se apenas da nitroglicerina e também de areia (sílica). Deve-se misturá-la até que a nitroglicerina e a areia formem uma espécie de "lama". Depois disso, basta apenas colocá-la num tubo lacrado de um lado e do outro com um orifício onde se insere o detonador, este sim, altamente sensível e que se faz detonar electricamente, ou por intermédio dum rastilho pirotécnico. É a detonação deste que faz explodir a dinamite. Sem ele a dinamite é completamente inofensiva. Por isso, só depois de colocados os paus de dinamite é que se inserem os detonadores e se ligam os fios eléctricos, ou o rastilho que se estendem até um local afastado e protegido, a partir do qual se acciona o dispositivo eléctrico, ou se acende o rastilho.

Portanto, não há “dinamite ilegal”. Houve sim negligência, como disse a GNR : o explosivo “estava a ser transportado de forma ilegal”, uma vez que “os detonadores e a carga explosiva não podem ser transportados no mesmo ambiente.”

Espantosa a afirmação de um dos sócios da empresa, que garante o contrário e diz que pode “transportar até 20 quilos de dinamite”.

O PROBLEMA NÃO ESTÁ NA QUANTIDADE DE DINAMITE TRANSPORTADA, MAS SIM EM FAZÊ-LO JUNTAMENTE COM OS SENSÍVEIS DETONADORES.

8 Comentários:

Às 13 maio, 2009 12:36 , Blogger anareis disse...

Estou fazendo uma campanha de doações para meu projeto da minibiblioteca comunitária e outras atividades para crianças e adolescentes da minha comunidade carente aqui no Rio de Janeiro,preciso da ajuda de todas as pessoas de bom coração,pode doar de 5,00 a 20,00. Doações no Banco do Brasil agencia 3082-1 conta 9.799-3 Que DEUS abençõe todos nos. Meu e-mail asilvareis10@gmail.com

 
Às 13 maio, 2009 16:33 , Blogger Meg disse...

Oh!!! Outra vez e aqui também.
Ganda lata!

Desculpa Peter, mas também já me tentaram "comer as papas na cabeça"!
Que tal um cadinho de dinamite?

Eu volto...

Um abraço

 
Às 13 maio, 2009 16:51 , Blogger Peter disse...

Meg

Mas o pior é que estou a receber e-mails de pessoas conhecidas, que são falsos. São apenas tentativas de me infectarem com virus:

"Message from Marta :

Enjoy your gift,
Shtyle.fm

Share ringtones, songs, documents with your Shtyle.fm friends. 100MB of online storage space with your account."

Apaguei-o imediatamente sem o abrir.

Já antes tinham feito outra tentativa de outro endereço conhecido.

Tem cuidado!

 
Às 13 maio, 2009 17:07 , Blogger antonio - o implume disse...

Calma, este é o momento em que devemos todos contribuir para a recuperação da economia nacional e não andar por aí só a criticar e a dizer mal... desculpa, mas acabei de ouvir o Sócrates!

 
Às 13 maio, 2009 21:25 , Blogger SILÊNCIO CULPADO disse...

Peter

É a campanha negra, Peter, é a campanha negra. E tudo para denegrir a imagem do nosso primeirissímo. Uma imagem pura, insuspeita e duma seriedade absoluta.
Então tem algum mal transportar o dinamite com os pauzinhos?


Abraço

 
Às 13 maio, 2009 22:09 , Blogger Peter disse...

SILÊNCIO CULPADO

Como é que uma empresa, possivelmente uma pedreira, transporta dinamite misturada com detonadores?

Quando rebentou o escândalo Casa Pia era a "cabala", agora é a "campanha negra". Tudo "faz que anda, mas não anda".

 
Às 13 maio, 2009 22:27 , Blogger stériuéré disse...

se fosse um transporte feito por patins de 5 rodas, não haveria problema de certeza!!!

Abraços da sté

 
Às 13 maio, 2009 23:53 , Blogger Peter disse...

sté

Há muita gente a precisar de um par de patins...

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial