terça-feira, março 17

Como funciona o mercado de acções

Estava-se no Outono e os Índios de uma reserva americana perguntaram ao novo Chefe se o Inverno iria ser muito rigoroso ou se, pelo contrário, poderia ser mais suave. Tratando-se de um Chefe Índio mas da era moderna, ele não conseguia interpretar os sinais que lhe permitissem prever o tempo, no entanto, para não correr muitos riscos, foi dizendo que sim senhor, deveriam estar preparados e cortar a lenha suficiente para aguentar um Inverno frio.

Mas como também era um líder prático e preocupado, alguns dias depois teve uma ideia. Dirigiu-se à cabine telefónica pública, ligou para o ServiçoMeteorológico Nacional e perguntou: "O próximo Inverno vai ser frio?"
"Parece que na realidade este Inverno vai ser mesmo frio" respondeu o meteorologista de serviço.

O Chefe voltou para o seu povo e mandou que cortassem mais lenha. Uma semana mais tarde, voltou a falar para o Serviço Meteorológico: "Vai ser um Inverno muito frio?" "Sim," responderam novamente do outro lado, "O Inverno vai ser mesmo muito frio".

Mais uma vez o Chefe voltou para o seu povo e mandou que apanhassem toda a lenha que pudessem sem desperdiçar sequer as pequenas cavacas. Duas semanas mais tarde voltou a falar para o Serviço Meteorológico Nacional: "Vocês têm a certeza que este Inverno vai ser mesmo muito frio?" "Absolutamente"respondeu o homem". Vai ser um dos Invernos mais frios de sempre."

"Como podem ter tanta certeza?" perguntou o Chefe.
O meteorologista respondeu "Os Índios estão a aprovisionar lenha que parecem uns doidos."

É assim que funciona o mercado de acções.

7 Comentários:

Às 17 março, 2009 23:09 , Blogger SILÊNCIO CULPADO disse...

Ehehehehehehehehe

Mas não é só o mercado de acções que funciona assim, infelizmente.


Abraço

 
Às 18 março, 2009 08:50 , Blogger vbm disse...

E olha, quem descobrir que o rei vai nu fica rico! Foi o que sucedeu a George Soros, o primeiro a perceber e denunciar o enorme bluff da libra esterlina, especulando contra ela e ganhando. Quem quer acerte na configuração do estado de coisas futuro tem vantagem sobre os demais. E não só no mercado de acções isso é assim. :)

 
Às 18 março, 2009 16:09 , Blogger Peter disse...

vbm

Não tenho árvores para cortar, nem dinheiro para investir, por isso espero que o céu não me caia em cima da cabeça, como temia Abracurcix, o chefe da aldeia gaulesa onde viviam Asterix e Obelix.

 
Às 18 março, 2009 19:30 , Blogger vbm disse...

Compreendo, e estou na mesma situação. Sem capital, devíamos ainda ter o direito de orientar a nossa vida colectiva pela escolha do governo que entendêssemos ser o melhor. Mas até isso é obscurecido pela propaganda demagógica e falaciosa dos partidos políticos centrados apenas na ocupação de lugares e atribuição de privilégios entre os seus dirigentes e militantes protegidos. Resta-nos a denúncia e a revolta. Por mim, apoio quem o Medina Carreira apoiar.

 
Às 19 março, 2009 14:21 , Blogger Ferreira-Pinto disse...

Ora, afinal pensava que o mercado de acções era ciência quase oculta e aquilo afinal resume-se em navegar à vista! :)

 
Às 20 março, 2009 09:06 , Blogger tagarelas-miamendes disse...

Ola Peter- Ate que enfim que percebo como e' que isto tudo aconteceu. Muito agradecida.

 
Às 21 março, 2009 10:07 , Blogger UFO disse...

na mouche!
É um jogo de utilidade duvidosa em termos gerais.
Alguns ganham. Todos perdemos, mesmo os que não jogam na bolsa.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial