quarta-feira, novembro 14

A voz de Deus


Naqueles tempos...
Abraão levou o filho para o deserto... amarrou-o a uma árvore e começou uma fogueira debaixo dos seus pés.
De repente, uma voz:
- Abraão, Abraão que é isso????
- Senhor, Senhor eu estou sacrificando o meu filho, conforme a Vossa ordem!!!!
- Não Abraão, eu só queria medir a tua fé!!
- Mas Senhor....!!!!
- Abraão, solta o menino!!!!!

Abraão soltou o filho. O menino saiu em disparada... correu, correu, correu, e Abraão gritava:
- Filho volte, filho volte, o Senhor te libertou!!!!
O menino parou, lá longe, e gritou:
- Libertou uma m ...!!! Se eu não fosse ventríloquo estava lixado!

(e-mail recebido)
Miguel Ângelo pintou, todos o sabem, o teto da Capela Sistina. Talvez a imagem que decidi colocar valha mais que a anedota. Vale com certeza. Mas nós também temos de fazer uma pausa de vez em quando, antes de continuarmos a luta pela “sobrevivência”.

13 Comentários:

Às 14 novembro, 2007 10:27 , Blogger Ant disse...

Esta tem muito que se lhe diga. Tem tem...

 
Às 14 novembro, 2007 10:56 , Blogger quintarantino disse...

Tem, tem... mas a Capela Sistina é divina!

 
Às 14 novembro, 2007 11:12 , Blogger Tiago R Cardoso disse...

tá boa.

mais um local que eu gostava de ver.

 
Às 14 novembro, 2007 11:35 , Blogger Miss Vader disse...

gostei.

 
Às 14 novembro, 2007 11:57 , Anonymous lucia disse...

a pintura é fenomenal, acho que é de uma beleza rara!

lutar pela sobrevivencia.. ai ai, cada vez mais dificil, se leres o meu 2º post, compreenderás.

Beijinho, caro Peter.

Lúcia

 
Às 14 novembro, 2007 18:16 , Blogger Papoila disse...

Olá Peter!
O teto da Capela Sistina! Quanto à luta pela sobrevivência é bom não falar... ando enjoada...

 
Às 14 novembro, 2007 18:50 , Blogger Peter disse...

Lúcia

Receber elogios da Big Boss, que o teu trabalho tem sido excelente. e depois ver que o contracto não será renovado, é de desencorajar qualquer um.

Melhores dias virão, o problema é quando?

 
Às 14 novembro, 2007 19:00 , Blogger Peter disse...

Tiago

Passei por lá duas vezes. Da 1ª estava no restauro, que demorou vários anos. Tinham feito um pano cobrindo o altar-mor, onde tinham pintado o fresco correspondente. O trabalho continuava a coberto do pano. Lembro-me desse trabalho de restauro ter sido descrito numa reportagem da NGM.
É um local maravilhoso, o pior são as multidões que se comprimem para lá entrar.

 
Às 14 novembro, 2007 22:16 , Blogger SILÊNCIO CULPADO disse...

Gostei ad paus apra o bom humor.Até porque é preciso introduzir boa disposição neste país que conta já com um milhão de deprimidos e stressados.

 
Às 14 novembro, 2007 22:30 , Blogger Peter disse...

"silêncio culpado"

Já hoje passei pelo teu blog e continuo a seguir a tua luta, que é, ou devia ser de todos nós.
Mas, de vez em quando, temos de fazer uma pausa para respirar, porque rir é o quotidiano.

 
Às 15 novembro, 2007 11:50 , Anonymous lucia disse...

exactamente, o problema é quando!

já não importa muito.

digo eu!

 
Às 15 novembro, 2007 12:04 , Blogger Olhos de mel disse...

As pinturas de Miguel Ângelo, sem dúvidas perfeitas! Mas a anedota, também valeu.
Beijos

 
Às 16 novembro, 2007 21:58 , Blogger António disse...

Como foi enorme o Miguel Ângelo!!!

Abraço

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial