quarta-feira, novembro 29

I O comentário do dia

“Mas o que é um Estado que não consegue garantir a saúde aos doentes, que não consegue cobrar impostos e que não consegue administrar a justiça? É um Estado falido. Como escreveu Cesare Pavese, está morto e não sabe.”

(Miguel Sousa Tavares, Público, 2000-01-07)

O mal não é de agora, já vem de longe, de muito longe …

4 Comentários:

Às 29 novembro, 2006 23:30 , Blogger Rosario Andrade disse...

...curioso! A mim parece-me é que nenhum estado pode garantir a saúde aos doente... quando muito, o que o estado pode garantir aos doentes é TRATAMENTO...
bjicos

 
Às 29 novembro, 2006 23:49 , Blogger Peter disse...

Rosário, o jornalista quando escreve "saúde" quer significar Ministério da Saúde e o Serviço Nacional de Saúde. É óbvio.
Repara que foi escrito em 07 de Janeiro de 2000.

Infelizmente não estamos em Inglaterra.

Que progresso houve nestes 6 anos em Portugal?
Listas de espera de milhares de doentes para serem operados.
Consultas marcadas com meses de antecedência.
Pessoas a irem às 2h da manhã para as filas, para conseguirem consultas.

Fala com quem tem de passar por tudo isso, por não ter meios para recorrer à medicina particular.

 
Às 30 novembro, 2006 14:48 , Blogger Peter disse...

Rosário, neste momento, disse-o há pouco a TVI no noticiário das 13h00, existem 220.000 doentes em lista de espera aqui, sim aqui, ONDE SE VAI CONSTRUIR O NOVO AEOROPORTO DA OTA E O TGV, em lista de espera para serem operados, o que significa que só o serão dentro de 7 meses.

Até lá muitos morrerão, mas isso será benéfico, pois faz baixar o número de reformados.

Sorte para ti não viveres em Portugal.

 
Às 01 dezembro, 2006 15:53 , Blogger Rosario Andrade disse...

Ola Peter,
Eu sei, mas acho que ele devia ter usado linguagem mais rigorosa...

No NHS também ha problemas, mas é de facto melhor que o SNS.

Bjicos

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial