terça-feira, maio 30

G e s t i c u l a r ...













o g e s t o,
a m ã o,
m o v i m e n t o d o s
d e d o s,
q u e s e n ã o p e r d e m
e m i n u t i l i d a d e s.

O gesto é um pouco
como que as aves.
E s v o a ç a,
Traça linhas definidas
Em torno do infinito.
É como que...
se se perdesse,
não de perdendo.
É como ribeiro
Correndo, umas vezes
Lentamente, outras
Com rapidez.
É como um sonho,
umas vezes calmo
e outras agitado.

o g e s t o
pode dizer-te – se amor –
- se ódio –.

Os gestos são sem dúvida
O supremo rito da comunicabilidade.
Podem esconder em si
Todo o valor
Da linguagem que traduz
O princípio da verdade.

(Foto: L. Garcia)

4 Comentários:

Às 30 maio, 2006 15:08 , Blogger Ant disse...

não sei o que se passa mas o texto não está formatado como quero.
Pode ser que mais tarde...
desculpem lá

 
Às 30 maio, 2006 20:21 , Anonymous MEDUSA disse...

Como tão vulgarmente se diz... o gesto é tudo!!
Ele encerra muitas palavras que não serão precisas... muitas atitudes que serão ou não, tomadas... muitas "conversas" em silêncio...

Beijos da
medusa

 
Às 30 maio, 2006 20:39 , Blogger ** sean paul** disse...

Tá fixe

 
Às 31 maio, 2006 08:05 , Blogger bluegift disse...

Os gestos são a verdade oculta ;)
beijo.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial