sexta-feira, março 3

Multiversos: existem outros Universos?


“Existem cópias quase exactas de nós noutros universos? Se uma ou mais das hipóteses de multiversos ( conjunto de universos paralelos ) estiverem correctas, é muito provável.
Na ilustração acima, simulada num computador, os universos independentes são mostrados como círculos ou esferas independentes. As esferas podem eventualmente estar desligadas de todas as restantes esferas, o que significa que nenhuma comunicação pode passar entre elas. Algumas esferas podem conter universos diferentes do nosso universo, se tiverem leis físicas diferentes.

O olho humano pode imaginar a possibilidade de algumas hipóteses de multiversos poderem existir, recriando-os na mente, o que é difícil de testar, pelo que essas hipóteses são encaradas como divertimento, levando-nos a especular sobre essa possibilidade, mas sem que as mesmas tenham qualquer valor científico.” (Illustration Credit & Copyright: Clifford Pickover)

Acaso ou necessidade? Ambas as alternativas são possíveis:
- ou o homem surgiu num Universo desprovido de sentido e que lhe é completamente indiferente;
- ou a sua vinda foi programada desde o princípio, a fim de que ele desse sentido ao Universo, compreendendo-o.

Na hipótese do “acaso”, a regulamentação extremamente precisa das leis físicas e das condições iniciais para que a consciência emergisse, explica-se pela existência de uma multiplicidade de “universos paralelos”, os quais encerram todas as combinações possíveis de leis físicas e condições iniciais.

A mecânica quântica admite a existência desses universos paralelos; de cada vez que há uma escolha ou decisão, o Universo divide-se.

Há um cenário de “universos paralelos”, que me é particularmente caro: foi o avançado pelo físico russo Andrei Linde, que propôs um modelo de Big Bang, no qual o nosso universo seria apenas uma pequeníssima “bolha”, entre inúmeras outras situadas no seio do UNIVERSO, infinito e intemporal.

Se aceitarmos a hipótese de “um único universo”, O NOSSO, temos de postular a existência de uma “Causa Primeira” ( e cá temos o recurso à intuição mística ou religiosa, mesmo que informada e esclarecida pelas descobertas da ciência moderna ) que regulou simultaneamente as leis físicas e as condições iniciais para que o Universo tomasse consciência de si próprio.

Etiquetas:

12 Comentários:

Às 03 março, 2006 09:33 , Blogger MARTA disse...

Olá, Peter.
Depois falamos sobre "universos paralelos".
Quanto ao meu post, não estava a falar daquele texto, mas sim do intitulado "NOVA FORÇA". A Betty já sabe ao que me refiro e tu terás a explicação se leres o teu post sobre a enxaqueca.
Favor notar que digo e passo a citar:
"O artigo está muito bem escrito, cheio de humor, mas um humor elegante e nada ofensivo."
Até já
Marta

 
Às 03 março, 2006 09:45 , Blogger bluegift disse...

Bom Dia, Peter ! Arranjaste uma foto que ilustra muito bem o artigo. Lembra as imagens do Xiritung. É dele?

O Andrei Linde não era também conhecido pelos lados das teorias inflacionárias?

 
Às 03 março, 2006 11:14 , Blogger Peter disse...

"bluegift", não tenho tempo, desculpa.
Sim o Andrei Linde está ligado às teorias inflacionárias. Lê:

http://www.geocities.com/jcvmatem/fisica.html

 
Às 03 março, 2006 12:50 , Blogger lazuli disse...

"Seríamos os mesmos se soubessemos o que ns espera para lá do espaço e do tempo?"

Gostei particularmente deste texto, da simplicidade com que escreves, da magia dos universos que descreves.

Á nossa volta, a cada passo, está a luz do nosso ser infinito..

Boa tarde para ti, Peter

E beijos luminosos

 
Às 03 março, 2006 13:05 , Blogger HatA/mãe disse...

Hoje estou aqui especialmente para deixar um sorrizo.
Um abraço Zezinho

 
Às 03 março, 2006 15:52 , Blogger bluegift disse...

Não desculpo não senhor ;)

 
Às 03 março, 2006 16:43 , Blogger MARTA disse...

Ok, já "pedi" desculpas publicamente no meu blog por causa dos sportinguistas.
Escusavas era de me "castigar" com tanta chuva e frio. Ainda por cima, a paragem não tem abrigo......
Desculpa - não digo mais nada sobre o Sporting ou FCP ou o Benfica - afinal nem gosto de futebol.
Espero que tenhas "tempo" e deixes um comentário num texto mais "neutro".
Um xi
Marta

 
Às 03 março, 2006 18:11 , Blogger Mónica disse...

Uma excelente imagem, que me faz pensar:

"Afinal quem somos nós e o que fazemos no meio deste universo imenso".

Vou tentar encontrar a resposta...

Bom fim de semana

:)

 
Às 03 março, 2006 22:18 , Blogger Peter disse...

Marta, já deixei.
Bom fds

 
Às 03 março, 2006 23:06 , Blogger lazuli disse...

Um beijinho e bom fim de semana para todos.

*

 
Às 04 março, 2006 01:08 , Blogger Peter disse...

"lazuli", reparei que colocaste o n/blog nos teus links. Já há muito que constas dos nossos e com inteiro merecimento.
Bom fds*

 
Às 04 março, 2006 01:09 , Blogger Betty Branco Martins disse...

Olá Peter

Acabei de ler o teu belíssimo texto. Os meus parabéns.

E queria mesmo falar dos “universos paralelos”, mas hoje não dá :(

Quero correr - saltar - nadar - brincar com os meus bichos - andar a cavalo - passear na praia - pegar no meu carro e cortar o vento - estar nas minhas aulas de Arte na SNBA - E NÃO CONSIGO - PORQUE O MEU PÉ (partido) NÃO ME DEEEEEEIXA - estou FURIOSA!!!!!

Bom! Espero que isto passe depressa!


Eu depois falo dos “universos paralelos”.

Beijinhos

Bom fim de semana

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial