quinta-feira, março 14

Acordo ortográfico

A  novidade  mais surpreendente na Cultura foi o anúncio pelo Governo da suspensão sine die da aplicação do Acordo Ortográfico. Portugal era o único país no espaço da lusofonia que o tinha imposto. Calculados os custos de alterar a grafia do português, chegou-se à conclusão de que seria necessário agravar uma vez mais o IRS. Optou o Governo por cancelar a aplicação do acordo. Nem tudo são más notícias: graças à crise, voltámos todos a poder escrever português correcto. Com "c".

Isto é um país de doidos! Já viram a confusão que lançaram no espírito das criancinhas? Para quê? Para nada. O Acordo nunca chegou a ser acordo nenhum.

4 Comentários:

Às 15 março, 2013 22:19 , Blogger O Puma disse...

Se se demitirem

ou forem demitidos

ou derrubados

tanto melhor

 
Às 16 março, 2013 00:24 , Blogger alf disse...

Que eu saiba, isso é só uma ideia do Vasco da Graça Moura... as pessoas preferem que o mundo se adapte a elas do que adaptarem-se elas ao mundo.

 
Às 24 março, 2013 13:56 , Blogger Menina Marota disse...

Hoje ando por aqui... a saudade toca de vez em quando!
Quanto ao acordo... acordem!

 
Às 01 abril, 2013 18:38 , Blogger nuno chaves disse...

Andam definitivamente a brincar com o que temos de mais rico a nossa língua... e agora em que ficamos?
Há acordo ou não?

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial