domingo, maio 27

Menu de luxo na AR e Banco Alimentar contra a Fome

Enquanto, felizmente, ainda posso contribuir para o Banco Alimentar contra a Fome, e não preciso de recorrer às cantinas sociais da Santa Casa da Misericórdia, mais frequentada pela extinta “classe média”, leio com indignação o caderno de encargos do concurso público  para o fornecimento  das refeições  e exploração das cafetarias do Parlamento. Das exigências para a confeção das ementas de deputados e funcionários constam:

- pratos com bacalhau do Atlântico, pombo torcaz e rola, porco alentejano alimentado a bolota;
- no vinho são exigidas 12 variedades de verdes e 15 de tintos alentejanos e do Douro;
- o café deverá ser de 1ª qualidade;

- 4 opções de whisky de 20 anos e 8 de licores.

E fomos nós que os pusemos lá…

1 Comentários:

Às 07 junho, 2012 22:10 , Blogger O Puma disse...

Nós?

é fartar vilanagem

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial