segunda-feira, maio 23

Estrangeiros

Vi hoje ou ontem na TV, um sujeito num comício do PS que, ao arengar às massas classificava Passos Coelho como “estrangeiro”. Não explicitamente, mas depreendendo–se ser ele o visado. Não sou advogado de defesa do político em questão, nem estou aqui a lutar pelo seu Partido. Estou indignado é com a classificação de estrangeiro que lhe foi atribuída, porquanto tenho 2 filhos nascidos em Angola, onde a minha mulher me acompanhou durante uma comissão militar, o que era raro, pois exigia coragem da sua parte, bem como o pagamento do seu bolso das respectivas passagens. Quer dizer que, para esse indivíduo eles também são estrangeiros. Estrangeiros eram os chineses e indianos, alguns que nem uma única palavra portuguesa sabiam, que levaram noutro comício, este em Évora. Também vi no mesmo programa da TV uma moçambicana que disse estar ilegal no nosso País e que também fora na onda. Iam para fazer número, na mira do passeio grátis e do saco de merenda dado a cada um. Duas senhoras de idade, vestidas de preto, quando entrevistadas disseram que a respectiva Junta de Freguesia pusera duas camionetas à disposição da população e uma delas, com ar feliz, acrescentou:
- “Tudo de graça!”
Assim se vai gastando o que temos e o que não temos, e que eu vou pagando.

2 Comentários:

Às 23 maio, 2011 18:34 , Blogger bluegift disse...

Também houve quem classificasse o Obama de estrangeiro e ele nasceu no Hawai. Vai daí o Sarkozy é húngaro e por aí fora. Enfim...

 
Às 23 maio, 2011 19:43 , Blogger Peter disse...

Gostei de ver os chineses e os indianos, pseudo apoiantes de Sócrates, a serem entrevistados pela TV.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial