terça-feira, outubro 27

É só burrice

Os comerciantes vão passar a poder cobrar uma taxa aos clientes sobre cada pagamento com cartões efectuado nas suas lojas. Bruxelas já autorizou e tal autorização será publicada no DR em 01 NOV. Para os consumidores, será um custo acrescido na hora de pagar, ou um convite a andar com mais dinheiro na carteira. Como ninguém anda com muito dinheiro, com risco de ser roubado, está-se mesmo a ver que os prejudicados são os comerciantes, que deixam de vender produtos caros que o cliente vê e gosta, mas não compra por não trazer suficiente dinheiro. A não ser que essa taxa seja mínima e fixa, independente do preço do produto.

E como se vão fazer as compras do mês nos Hipers? “Olhe, espere aí um bocadinho, que eu vou ali ao Multibanco levantar dinheiro”. Mas será mais provável, uma vez que a maior parte já só compra a crédito, procurar gastar o menos possível e pagar mesmo a taxa. É claro que isto não é mais do que legalizar o que os comerciantes já fazem: incluir no preço de venda a comissão a pagar ao emissor dos cartões.

E depois vêm para aí os entendidos gritar que os portugueses estão a retrair-se nas compras, que os saldos e as promoções não os atraem, que a inflação desce, que corremos o perigo de deflação, patati-patatá…

Acresce que incentivar o uso de dinheiro em detrimento dos cartões é um convite à fraude fiscal, uma vez que é mais fácil esconder receitas que não passam por um registo bancário.

11 Comentários:

Às 27 outubro, 2009 01:04 , Blogger Meg disse...

Peter,

Também li isso, mais, pare ce que a taxa fica ao critério de cada comerciante, no caso destes...
Será? Tenho de conferir.
Continuo a pensar que o Obama +e que sabe...

Um abraço

 
Às 27 outubro, 2009 01:16 , Blogger Meg disse...

Fui conferir...

Económico
26/10/09 13:40
[...]
...O Governo já preparou o diploma que transpõe para o sistema jurídico português a Directiva comunitária sobre Serviços de Pagamentos, tendo optado por deixar ao critério dos comerciantes a aplicação da taxa adicional no momento do pagamento através de cartão, embora o valor esteja ainda por definir[...]

Se até a utilização do cartão já diminuiu drasticamente!

O que fazemos? Eles querem lá saber!

Um abraço

 
Às 27 outubro, 2009 09:48 , Blogger Compadre Alentejano disse...

Depois de nos habituarem ao chamado dinheiro de plástico, vêm agora cobrar. É quase como a droga: primeiro é de borla, depois da habituação, já é a pagar.
Estou convencido que, hoje em dia, já muitos comerciantes metem no preço final um acrescento para o VISA. Isto é, mesmo que se pague com dinheiro vivo,estamos a pagar como se fosse com VISA.
Acho que o próximo será taxar também as operações que fazemos no Multibanco, como levantar dinheiro, transferências ou, simplesmente, pedir o saldo.
São todos uns filhos da p...!
Um abraço
Compadre Alentejano

 
Às 27 outubro, 2009 10:07 , Blogger Peter disse...

Compadre

Estás 100% certo:
- Os comerciantes já metem no preço final o acrescento para o IVA e como a taxa a pagar por eles quando se trata de carões de crédito é maior, muitos comerciantes não aceitam esses cartões.
- Quanto aos bancos taxarem os levantamentos por cartão, corre aí na NET (ainda ontem recebi um e-mail nesse sentido) um abaixo assinado de protesto. Mas julgo necessitarem de 1 milhão de assinaturas e ainda não chegaram a metade.

Abraço

 
Às 27 outubro, 2009 10:14 , Blogger Peter disse...

Meg

Houve, ou há, uma atitude por parte dos detentores de cartões de débito e de crédito, principalmente destes últimos, em devolverem os cartões para evitar tentações.

Quanto à tua ideia a respeito do Obama, se falasse nisso, caía o Carmo e a Trindade, mas não esqueci o assunto.

Um bom dia para ti.

 
Às 27 outubro, 2009 12:03 , Blogger antonio - o implume disse...

Os portugueses estão como o país: a saque.

 
Às 27 outubro, 2009 12:17 , Blogger Ferreira-Pinto disse...

Parece que vamos ter de ganhar um novo hábito antes de pagar ... perguntar qual o valor da taxa que cada comerciante cobra ... isto é tudo demasiado parvo, mas enfim ...

 
Às 27 outubro, 2009 14:47 , Blogger vbm disse...

Os bancos deviam ser proibidos de cobrar qualquer taxa aos comerciantes. Os cartões de débito e crédito deviam ser gratuítos ao público. A banca devia arcar com os custos do sistema pois eles são uma proporção ínfima dos que teria de suportar sem esse método de débito e crédito, i.e., o custo suportado gera um efeito multiplicador de lucros nos bancos. Se estes ainda assim querem ganhar mais, bem merecido seria uma desobediência civil de todos os particulares e empresas não-bancárias, repudiando o dinheiro plástico onerado e só o aceitando se e enquanto gratuíto.

 
Às 28 outubro, 2009 11:18 , Blogger vbm disse...

Post-scriptum:- Também me parece que a Autoridade Reguladora da Concorrência deveria investigar porquê todos os bancos cobram comissão aos comerciantes? Caso não comprovasse conluio, o Ministério das Finanças deveria nomear uma nova administração da Caixa Geral de Depósitos que cessasse de cobrar essa comissão aos comerciantes e anuidades aos particulares: - haveríamos então de ver como uns e outros e os bancos concorrentes se comportariam!

 
Às 29 outubro, 2009 19:47 , Blogger Compadre Alentejano disse...

E, já agora, quantos funcionários poupam os bancos, com a utilização dos cartões?
Porque é que não fazemos uma jornada de um ou dois dias, e vamos ao banco levantar dinheiro, em vez de ir ao Multibanco?
Um abraço
Compadre Alçentejano

 
Às 29 outubro, 2009 23:20 , Blogger Peter disse...

Compadre Alentejano

Só te digo que é uma excelente ideia e que é de avançar com ela se os bancos passarem a aplicar uma taxa sobre os novimentos Multibanco.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial