terça-feira, agosto 21

Como saltar de Papa a Papão em 24 horas...

Continuando a publicar textos dos colaboradores e amigos, publicados no nosso antecessor: http://conversasdexaxa3.blogs.sapo.pt/



PAPÃO RATZINGER


Que farás tu, meu Deus, se eu perecer?

Eu sou o teu vaso - e se me quebro?

Eu sou a tua água - e se apodreço?

Sou a tua roupa e o teu trabalho

comigo ganhas tu o teu sentido.


Depois de mim não terás um lugar

onde as palavras ardentes te saúdem.

Dos teus pés cansados cairão

as sandálias que sou.

Perderás a tua ampla túnica.

O teu olhar que nas minhas pálpebras,

como num travesseiro,

ardentemente recebo,

virá procurar-me por largo tempo

e deitar-se-á, na hora do crepúsculo,

no chão duro de pedra.


Que farás tu, meu Deus? O medo domina-me...


(Rainer Maria Rilke)


Aproveitando os versos de Rilke, será que não se anda por aí a exagerar demasiado acerca do poder real de um Papa?


Publicado por “bluegift” em 20 de Abril de 2005 às 11:29 AM – Comentários (31)

1 Comentários:

Às 21 agosto, 2007 16:00 , Blogger Paralaxe disse...

Este Blog está listado no
Directório Paralaxe

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial