sábado, dezembro 16

Natal em Lisboa



A árvore de Natal mais alta da CEE





O índice de vida mais baixo da CEE

(Foto Peter)

10 Comentários:

Às 16 dezembro, 2006 15:53 , Blogger H. Sousa disse...

Peço emprestada a árvore. O que eles não sabem é que nos colocam mal vistos. Coitados, até pensam estar a fazer bem.
Uma cambada...

 
Às 16 dezembro, 2006 16:32 , Blogger Peter disse...

Henrique, podes servir-te à vontade, até porque a foto da árvore não é minha, nem sei de quem é.
Talvez o dinheiro gasto com ela pudesse ter sido mais bem empregue. Com a retratada na foto debaixo (essa da minha autoria) por exemplo.

 
Às 16 dezembro, 2006 23:27 , Blogger Papoila disse...

A mais alta árvore de Natal da Cee e o indice de vida mais baixo em contrate... A tua foto como sempre um espanto! Estas assimetrias caracterizam bem o estado a que chegamos...
Beijo

 
Às 16 dezembro, 2006 23:42 , Blogger bluegift disse...

Gostaria de ter uma foto melhor dessa árvore. O melhor que encontrei foi esta.

Por enquanto ainda não somos os mais pobres da UE, e quando a Roménia e a Bulgaria entrarem ainda menos. Mas não somos ricos, somos remediados ;) Aguardo a continuação dos episódios :)

 
Às 17 dezembro, 2006 00:31 , Blogger Peter disse...

"bluegift", as minhas fotos são piores, mas vou enviar-tas.

Não há mais episódios. Com a minha entrada no Liceu Nacional André de Gouveia, em Évora, onde hoje Funciona a Universidade, cheguei ao fim. Foi uma entrada precoce, tinha então 9 anos. Passei a ir a casa só ao fim de semana e nas férias, como é óbvio.
Aos 21 anos saí definitivamente de casa e comecei a trabalhar, pois tinha terminado o Curso Superior.

 
Às 17 dezembro, 2006 00:38 , Blogger Peter disse...

"Papoila", não sei se reparaste, mas no meu comentário referi a minha estadia no Toto.
Coincidências.

 
Às 18 dezembro, 2006 09:58 , Blogger Paula Raposo disse...

Os contrastes incompreensíveis desta sociedade de consumo!!

 
Às 18 dezembro, 2006 10:59 , Blogger Peter disse...

Paula e como se gasta o dinheiro em coisas supérfluas, ou pelo menos grandiosas e sumptuosas:
- o Centro Cultural de Belem
- a Casa da Música
- os Estádios de Futebol
- a maior árvore de Natal da Europa
neste País, onde nunca há dinheiro para nada.

 
Às 18 dezembro, 2006 15:26 , Blogger António disse...

Contraste bem apanhado!

Um abraço

 
Às 27 dezembro, 2006 23:23 , Blogger Peter disse...

ERRATA

Por favor, onde está:

"O índice de vida"

leia:

"O nível de vida"

às vezes acontece ...

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial