domingo, outubro 8

São Petersburgo - Palácio de Iussúpov



Belíssimo fogão da Sala Azul. Este é o palácio mais famoso ao longo ro rio Móika por nele ter sido assassinado, na noite de 16 de Dezembro de 1916, Grigori Rasputin, o célebre camponês siberiano, clarividente e milagreiro, possuidor de qualidades extra-sensoriais e que na convicção do Czar Nicolau II e de sua esposa, era o único que poderia curar o herdeiro do trono, doente de hemofília.
Insatisfeitos pela influência de Rasputin sobre o Czar, os representantes dos cículos monárquicos resolveram recorrer ao assassínio.

(Foto Peter)

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial