domingo, junho 18

Vaga de fundo


Os nossos políticos, quando se querem fazer "caros", costumam dizer que só formalizarão a sua candidatura (desejosos estão eles de o fazer...) se houver uma "vaga de fundo", que os leve a tal.

Poderão pensar que eu tentei fazer esse "jogo", que estive à espera de um movimento de massas (sem massa …), que fiz o “choradinho do “imprescindível”, dos quais estão os cemitérios cheios (desculpem o macabro, mas é influência de ter andado a ler “Anjos e demónios”) mas não o fiz, até porque num universo de milhares de blogs, um a mais ou um a menos é irrelevante, e quer seja o Peter, ou o Ant ou a Bluegift, pouco conta, o que interessa, ou melhor, o que pode despertar interesse, é o que se publica e neste aspecto o António tem continuado a merecer o interesse dos indefectíveis visitantes.

Foi interessante ler os vossos comentários ao meu “Adeus”, ajudou-me a conhecer melhor as pessoas, certas pessoas.
Mas foi muitíssimo mais interessante mergulhar a fundo na vida real. É esta que importa viver com as suas “nuances” que nos levam a tomar determinadas atitudes, a repensá-las, a voltar atrás e por fim a seguir em frente.

Estamos no Verão, é muito possível, é quase certo, que a minha atracção pelas praias e pelas viagens, me leve a trocar temporariamente o PC pela realidade, pelas pessoas, pelo Sol e pelo mar, durante períodos de tempo mais ou menos longos. Afinal a Vida está lá fora à nossa espera. Não a podemos fazer esperar porque ela não espera…

P.S. – Peço desculpa à Blue Shell por lhe ter apagado o comentário, mas entendi ser conveniente dar uns “retoques” no artigo, para não ficar a ideia que as minhas ausências quando e se se vierem a verificar, terão carácter definitivo.
Não terão, seguramente que não terão. Estou “viciado” no “conversas”. Foi através dele que criei amizades que muito prezo e que não quero de modo algum perder.

12 Comentários:

Às 18 junho, 2006 04:48 , Blogger Ant disse...

Vim agora lá de fora, de uma espécie de vida real. E nestas horas madrugadoras, ainda estou sificientemente lúcido para entender perfeitamente o que dizes. E apanhar um pouco de ar fresco só faz mesmo é bem. Além de que trarás informação interessante para partilhar, como aliás sabes muito bem fazer.
Um abraço.

 
Às 18 junho, 2006 09:06 , Blogger bluegift disse...

Ah!!!!!!!!!!! Assim, simmmm :)
Olha, hoje devia ficar em casa a estudar mas vou é provar a tal cerveja que foi considerada a melhor do mundo em 2005. Quero lá saber ! Hoje faz sol e eu vou masé aproveitar que amanhã nunca se sabe ;)
Um grande abraço !

Ó Ant, o ar fresco é importante, sim. Mas é preciso é ter cuidado com as constipações ! :D
Um Abraço também para ti.

 
Às 18 junho, 2006 11:08 , Blogger MARTA disse...

Ainda bem, Peter!
Será um prazer continuar a ler-te!
Eu estou a estudar - o meu exame é para a semana, mas vim dar uma volta para ver os amigos.
Beijos e abraços
Marta

 
Às 18 junho, 2006 11:10 , Blogger Ant disse...

É verdade Blue, quando as noites são frias e chuvosas...
Como quem anda à chuva se molha... mas uma constipação de vez em quando faz parte... :)
Beijo

 
Às 18 junho, 2006 12:56 , Blogger Peter disse...

António

Obrigado por teres aguentado o "barco". Ninguém te ia abandonar com a "criancinha nos braços".
Com este dia aqui em Lisboa, segue o conselho da Ana:
"aproveitar que amanhã nunca se sabe"

Abraço,
Peter

 
Às 18 junho, 2006 13:00 , Blogger Peter disse...

"bluegift"

Olá "mana"! O dia chegou, como vês.
Não podes mandar umas garrafitas dessa cerveja por e-mail?

Sorte nos exames.

 
Às 18 junho, 2006 13:04 , Blogger Peter disse...

Marta, tens sido uma fiel amiga, nem sempre compreendida.
Sucesso nos teus exames, é o que te desejamos. Vais ver que levas isso "com uma perna às costas".

Um bom Domingo*

 
Às 18 junho, 2006 15:31 , Blogger Papoila disse...

Olá Peter:
Cá estarei a ler as tuas "conversas" principalmente as que vais contar depois dessas viagens pela realidade, das praias, das viagens e do mar...
Beijo

 
Às 18 junho, 2006 15:57 , Blogger MARTA disse...

Peter, obrigada - és muito amável!
Claro que sim - gosto do que estou a fazer e isso é meio caminho para se vencer os obstáculos.
Não foste tu que me disseste que, apesar das adversidades, a vida nos reserva surpresas agradáveis?
Bom domingo para ti e um grande abraço
Marta
P.S.: Ok, alguém me pode dar um lenço? Esqueci-me do meu!!!!

 
Às 18 junho, 2006 19:17 , Blogger lazuli disse...

É uma alegria rever-te Peter, a quem iria "chatear" com as viagens na abóbora?
Mas vejo que foi bom para ti, o que sintetizas na parte em que dizes..
"Mas foi muitíssimo mais interessante mergulhar a fundo na vida real. É esta que importa viver com as suas “nuances” que nos levam a tomar determinadas atitudes, a repensá-las, a voltar atrás e por fim a seguir em frente".

Marta, vou mandar-te uns lenços pois o stock esgotou-se nestes dias e já encomendei umas dúzias..para quando o Peter for viajar.

Beijos (ainda molhados)

fernanda

 
Às 19 junho, 2006 13:57 , Blogger Heloisa B.P disse...

Esta' de VOLTA, ainda BEM!
Levei eu mais tempo a "voltar"!
FIQUE EM BEM!
Abraco.
Heloisa.
*********

 
Às 19 junho, 2006 19:51 , Blogger BlueShell disse...

Ok...meu caro!

mando daqui da serra um imenso beijooooo....com cheiro a flores e rosmaninho....

BShell

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial