sexta-feira, março 16

Manchester City vs Sporting

Últimos segundos do último minuto do tempo de compensação no Etihad. Guarda-redes da selecção portuguesa contra o guarda-redes da selecção inglesa, Rui Patrício contra Joe Hart. De Jong mete a bola na área, Hart responde ao cruzamento, a bola vai na direcção da baliza, mas Patrício consegue, com a mão direita, desviar-lhe a trajectória por uns centímetros. O suficiente para a bola passar ao lado e para o Sporting se apurar para os oitavos-de-final da Liga Europa, apesar de ter perdido por 3-2 com o Manchester City, depois de ter chegado ao intervalo a vencer por 2-0. Valeu o calcanhar de Xandão, em Alvalade, na primeira mão, para dar o apuramento aos “leões”, que fizeram uma primeira parte perfeita e que quase deitaram tudo a perder na segunda.

2 Comentários:

Às 19 março, 2012 15:27 , Blogger Meg disse...

Peter,
Só para te responder ao teu comentário no Experimentalidades... li e concordo, um dia destes também regresso, é preciso mudar de ambiente, de vez em quando.
Um grande abraço

 
Às 21 março, 2012 12:07 , Blogger Peter disse...

O presidente do Conselho Directivo do Sporting, Luís Godinho Lopes, considerou que o árbitro Bruno Paixão devia ser "irradiado".

Após o encontro ante o Gil Vicente, o dirigente referiu: "É muito triste preparar um jogo durante a semana e, chegar ao final de semana, e sermos arbitrados por um árbitro incompetente, que não devia estar no futebol nacional e não devia arbitrar seja um jogo do Sporting ou outro qualquer. É um individuo que devia ser irradiado do futebol português".

Godinho Lopes prosseguiu as suas declarações, afirmando: "Não é possível estar numa actividade em que todos procuramos trabalhar com seriedade e isenção, em que se procura fazer fortes investimentos, e depois verificarmos que há incompetentes nesta mesma actividade a prejudicar o desempenho das equipas que, no dia-a-dia, trabalham para dar o seu melhor em campo. O que se passou em Barcelos foi mau de mais para ser verdade, o Sporting sente-se lesado e prejudicado. É uma vergonha".

O dirigente «verde e branco» salientou ainda que o Sporting tem sido prejudicado jogo após jogo e destacou "as atitudes tomadas, muitas vezes de forma conjunta, para poder prejudicar o Sporting".

Luís Godinho Lopes admitiu que ao Sporting não interessa estar na Liga da verdade, à frente, "o que nos interessa é que haja uma atitude isenta quando estão a arbitrar os jogos do Sporting. Isto hoje foi mau de mais para ser verdade".

O presidente do Conselho Directivo do Sporting disse acreditar que a quebra da equipa após a passagem aos quartos-de-final da Liga Europa se deveu à má qualidade da arbitragem. "Uma equipa, quando vem para um jogo, vem moralizada e preparada para o poder realizar. Quando começa a sofrer adversidades dentro de campo, por questões que não estão relacionadas com o que pratica mas com a má qualidade de um terceiro interveniente, que é um árbitro, é evidente que a equipa vai desmoralizando, jogo após jogo", finalizou.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial