terça-feira, outubro 10

Encerrados para reforma

Pois é, só hoje comecei a ler o "Expresso" de sábado e deparei logo com o artigo em título, publicado na pág 41 do Primeiro Caderno. O artigo é preocupante para muitos pais que, por certo, já se deram conta da gravidade do mesmo:

"Por todo o país fecharam ou foram drasticamente reduzidos os ATL, que estavam a correr bem."

Se calhar, foi por isso que fecharam...

Então o que se vai fazer aos "putos-cobaias"?

NADA, pura e simplesmente NADA!

Os ATL foram substituídos pomposamente pelo "apoio social à família" que, como diz o articulista: "alimenta o ego de burocratas dos ministros", mas não conduz a resultados palpáveis, e ainda pelas "actividades de enriquecimento curricular" dos alunos que, continuando a seguir o mesmo articulista, irá é "enriquecer" o orçamento (não curricular) das respectivas Câmaras Municipais que não perderam tempo a candidatar-se a tão lucrativa tarefa.
Locais adequados? Não há.
Professores e monitores? Também não (e há tantos desempregados...).

RESULTADO:

"Das três e meia às cinco e meia as escolas estão de pantanas. Nem apoio à família, nem enriquecimento escolar, só miúdos a vaguearem pelo recreio."

E DEPOIS ADMIRAM-SE DA ELEVADA PERCENTAGEM DE DESISTÊNCIAS E DE INSUCESSO ESCOLAR...

2 Comentários:

Às 11 outubro, 2006 15:34 , Blogger Paula Raposo disse...

Sem dúvida! Nada disto faz muito sentido. Beijos.

 
Às 13 outubro, 2006 10:48 , Blogger amita I disse...

Este tem sido o país das surpresas diárias. Depois das informações obtidas durante a minha caminhada em países da CEE sobre o sistema educativo, o acordar neste jardim à beira mar plantado é um bocado duro. Mesmo assim, continuo esperançada que as mentes se iluminem e nos afastem do susto da sua incauta pobreza.
Um bjo

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial