quinta-feira, agosto 17

Sexo no feminino

Aqui há tempo vi dois artigos interessantes sobre o assunto e ocorreu-me escrever algumas considerações para publicar aqui no blog. O tempo passou e nunca mais me lembrei do assunto, nem onde os lera.
A publicação hoje na revista "Sábado" do artigo "Sexo sem segredo", onde é entrevistada a autora de um blog que sempre tem constado dos nossos links, levou-me a relembrar o lido há meses e também a acrescentar algumas considerações.

Têm-se generalizado as conversações eróticas através do MSN, muitas vezes por iniciativa feminina. É seguro, não há o perigo de se contraírem doenças venéreas, não existem compromissos, a imaginação é fértil em falar de situações que, na maior parte dos casos e por motivos vários, que me dispenso de analisar exaustivamente, nunca foram vividas e gostariam de o ser, pode atingir-se o pico da excitação, mas sabe a pouco. Há quem goste e o pratique, mas eu só o entendo num relacionamento de que esta prática seja um complemento.

Com a mulher a ocupar cada vez mais, altos cargos directivos e a colocar a progressão na carreira em primeiro lugar, surgem os “casos” de duração maior ou menor, que satisfazem as necessidades sexuais, de afecto e companhia, mas que estarão sempre em segundo plano quando ela tem de optar por uma reunião profissional importante a horas inopinadas.

Os blogs a que se refere o artigo em questão, mais não são que o prolongamento virtual, ou vice-versa, dos inúmeros livros que pululam por aí, escritos por adolescentes, ou por respeitáveis donas de casa, que assim vão mantendo uma vida dupla e insuspeita.

O que não resta a mínima dúvida é que, cada vez mais, o mundo é das mulheres.

3 Comentários:

Às 17 agosto, 2006 16:46 , Blogger Heloisa B.P disse...

"O que não resta a mínima dúvida é que, cada vez mais, o mundo é das mulheres."
***************************POIS!!!!!!!!..........................
_E, o "Mundo, deve ser, tambem, das MULHERES; especialmente, quando ELAS contribuem para dignificar o MUNDO e... a *ELAS PROPRIAS*!!

Quanto ao resto... cada um _UMA_ age segundo a sua consciencia e saber (ou, pouco saber...) e, usa a sexualidade como lhe da' na gana!

Este e' um tema que nao se esgota em meia duzia de palavras de analise!

_Sou pela expressao sexual no Feminino, desde que essa "EXPRESSAO" nao seja degradante do mesmo *SER FEMININO(A)*!!!!!

Para SI*, o meu ABRACO, bem FEMININO,
mas...FRATERNO!!!!!

Sua Amiga,
Heloisa.
***********************

 
Às 19 agosto, 2006 09:21 , Blogger Peter disse...

Estive vendo os blogs referenciados na revista "Sábado". O da "sutra", já há muito fazia parte dos n/links, os outros são plasticamente interessantes.
Quanto aos textos, nada que se compare ao escrito por Catherine Millet, que dá a cara na contra-capa do seu livro “A vida sexual de Catherine M.” e sobre o qual Eduardo Prado Coelho comentou:
“Uma experiência de leitura poderosa e inesquecível”.

São meras aprendizas, “vira o disco e toca o mesmo”.

Bem, vou meter-me no carro e rumar ao Sul. Divirtam-se por cá com essas “brincadeiras”.

 
Às 20 agosto, 2006 23:02 , Blogger Heloisa B.P disse...

BOA VIAGEM!
UM ABRACO! E...divirta-se tambem!
Heloisa.
************

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial