segunda-feira, março 20

Divagações

Têm-me perguntado muitas vezes por que razão está a incerteza que afecta o comportamento dos átomos, ausente à escala das coisas correntes da vida?

A explicação é simples: a massa dos objectos do quotidiano, sendo muito maciça e tendo muita inércia, não é facilmente perturbada quando os iluminamos para os observar.
O impulso da luz é negligenciável e, deste modo, a velocidade dos objectos pode ser medida com toda a precisão possível, ao mesmo tempo que a sua posição.

Para localizar uma partícula subatómica temos igualmente da iluminar com uma luz cujo comprimento de onda é comparável ao de um átomo, ou seja, um décimo de milionésimo de milímetro (110^-8cm). Mas, ao iluminarmos a partícula, perturbamo-la e damos-lhe um impulso que modifica totalmente a velocidade que ela possuia antes de a observarmos.

De um modo muito rudimentar, poderemos dizer que o "Princípio de incerteza de Heisemberg" é inerente ao mundo dos átomos e que, portanto, nunca poderemos medir simultaneamente a sua velocidade e a sua posição com a maior precisão possível.

Isto faz-me lembrar o "dom da ubiquidade", que a "mecânica quântica" aceita poder acontecer no caso de uma partícula subatómica. O electrão, podendo assumir a versão de onda, ou de partícula, pode, graças à sua versão de "onda", adquirir esse dom. Pode estar em toda a parte ao mesmo tempo, a sua trajectória deixou de ser definida e os Físicos dizem que ele está sujeito ao "fluxo quântico". Este fluxo permite ao electrão “pedir emprestada” energia ao "banco" da Natureza, energia que, como em qualquer Banco, terá de pagar. Por isso é do maior interesse para o electrão agir muito depressa, para tirar proveito do seu empréstimo de energia e poder ultrapassar fileiras de átomos que se opõem à sua passagem.

Esse acréscimo de energia permite-lhe “cavar” uma espécie de túnel para atravessar a barreira de átomos. Os físicos chamam-lhe "efeito de túnel" e é o que permite a qualquer de nós ouvir o nosso CD favorito (pode ser Michael Bublé - "caught in the act", que me ofereceram no Dia do Pai) na nossa aparelhagem estéreo. De facto, é graças ao "efeito de túnel" que funcionam alguns componentes micro-electrónicos.

8 Comentários:

Às 20 março, 2006 19:11 , Blogger lazuli disse...

Escreves para o cidadão comum sobre estes temas que assim perdem o seu caracter "impenetrável".
Com frases do genero ..pedir emprestada energia ao "banco" da Natureza, energia que, como em qualquer Banco, terá de pagar...tornas tudo isso compreensivel, para o cidadão comuna de lineu.
Estes teus textos são para ler e guardar

Boa tarde para ti
e beijinhos muito eletrónicos*

 
Às 20 março, 2006 19:20 , Blogger lazuli disse...

em vez de cidadão comuna é cidadão comum..

lol

Não é por nada, só para não ficares a pensar que ando mal dos pirolitos.

(Pelo menos hoje)

 
Às 20 março, 2006 22:15 , Blogger Peter disse...

"lazuli", eu sou um "cidadão comum" que gosta de saber os porquês das coisas e que é tentado, de vez em quando, a falar sobre esses porquês.

Houve um tempo em que pensei, em face do número reduzido de comentários, que era um assunto que não interessava aos nossos leitores. Puro engano. O número de visitantes do blog aumenta nos dias em que publico estes temas.

O Jerónimo de Sousa deve ter ficado satisfeito com a tua referência ao "cidadão comuna" LOL

Beijinhos electrónicos*

 
Às 20 março, 2006 23:40 , Blogger Å®t_Øf_£övë disse...

Credoooo, isto é que é sabedoria e ciência!!!
Mas tenho que confessar que é areia demais para a minha camioneta.
Abraço.

 
Às 21 março, 2006 00:35 , Blogger Peter disse...

São assuntos comuns, explicados de uma forma acessível e rudimentar, correspondente às minhas noções de carácter geral.

 
Às 21 março, 2006 09:40 , Blogger bluegift disse...

Provavelmente, tens poucos comentários nestas ocasiões porque os teus textos dizem tudo. O cidadão comuna agradece :P

 
Às 21 março, 2006 09:42 , Blogger bluegift disse...

Ó luzuli, em que estavas tu a pensar com esta do cidadão "comuna" ? ;) hihhihi...

 
Às 21 março, 2006 14:10 , Blogger lazuli disse...

bluegift uma pessoa comuna, hihihi..comum ..lê as coisas do Peter e fica taralhoca, só pode.
lol...

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial