terça-feira, dezembro 20

Fiasco

Soares que presume ainda ter pés diz estar ao seu melhor nível, seja lá o que isso for.

A dificuldade em saber se os pés existem é apenas uma questão metafísica, já que consegue estar de pé embora se possa concluir que é uma pura questão de equilíbrio.

Cavaco, a Barbie nacional, tem um ar cada vez mais plastificado, correndo todos nós o risco de virmos a ter como primeiro magistrado da nação um arremedo uma espécie de marioneta. Claro que podemos sempre valorizar exacta parte, fazer milhões de cópias e impingi-las às criancinhas dizendo-lhes: o super-homem pode ser parecido com este boneco.

As crianças riem, os adultos exultam e haverá mesmo alguns que irão apanhar um táxi até outro planeta qualquer, onde não seja possível encontrar nem um nem outro.

Neste último caso, alguns portugueses ponderam levar bananeiras e plantá-las por lá para depois venderem aos americanos.

O “aguardado” debate promete ser um fiasco.

Frases como “olhe que não, olhe que não” e “você não tem perfil para ser monarca” serão algumas das que se ouvirão.
Ora, a acontecer isto, teremos um colapso colectivo, sendo mesmo possivel visionar em directo muitos suicídios.

“Uma viagem ao passado” dirão alguns dos comentadores inteligentes. “Não trouxeram nada de novo para o debate”, acrescentarão os mais atentos, enquanto os verdadeiros cérebros como Luís Delgado fará seguramente a apologia de Cavaco, “embora não saiba porquê. Será que estou apaixonado, ou sou mesmo parvo?” – Fico-me pela última hipóteses.

Sei antecipadamente que Soares usará fralda e que Cavaco sairá a cantar “A Portuguesa” com ar vitorioso.

No final ambos dirão que o debate “foi esclarecedor” embora ninguém tenha entendido nada.
Um jornalista mais irado atirará mesmo com a máquina fotográfica à cabeça de ambos, prestando um verdadeiro serviço à nação.

Ambos foram internados compulsivamente num albergue para débeis mentais, só que pensam estar em Belém.

5 Comentários:

Às 20 dezembro, 2005 19:05 , Blogger Peter disse...

O humor satírico e cáustico aplicado, no seu melhor, à política nacional.
Felizmente que não vejo o debate: vou ver os "mortos" do Sporting.

 
Às 20 dezembro, 2005 20:05 , Anonymous zezinho disse...

Não vás; os gajos vão perder de novo..Estou a começar de ficar doente com o Sporting.

 
Às 20 dezembro, 2005 22:07 , Anonymous zezinho disse...

Não me enganei...

 
Às 20 dezembro, 2005 23:12 , Anonymous Maria Taveira disse...

Não te enganaste não. Nada de novo, tudo na mesma como a lesma. Nem sei porque perdi o meu tempo a ver o debate. Só tenho mesmo pena que não sejam internados num qualquer lugar para debeis mentais, isso sim, seria um favor à nação. (Cada vez fico mais revoltada...)
Beijo

 
Às 21 dezembro, 2005 00:30 , Blogger Tribunal_Beatas disse...

Abstenho-me de tecer qualquer comentário acerca dos (fracos) debates entre os candidatos à presidência. É que entre vítimas, falsos messias, radicalistas, retrógradas e que tais, não há nenhum que se aproveite. Mas enfim... está já tudo preparado para que a "barbie" ganhe. Salve-se quem puder.
Beijinhos

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial