domingo, agosto 28

A Lira de Nero

A visita a Coimbra do primeiro-ministro e do seu lacaio (?) da administração interna aquando dos terríveis incêndios que assolaram aquela região com a finalidade de se reunirem com Governadores Civis e alguns autarcas, mostrou-nos uma coisa importante: enquanto casas ardiam e as chamas ameaçavam a cidade dos estudantes, os “senhores dos fogos” sorriam abertamente, como se festa se tratasse.

Foi uma daquelas imagens que vale por todas as palavras. É este o sentido de estado dos imbecis que nos desgovernam. Foi um óbvio insulto a todos aqueles que perderam os seus haveres, foi um sorriso escarninho ao trabalho dos Bombeiros portugueses, foi em última análise o toque da Lira enquanto Roma ardia.

São imagens que os portugueses devem reter na memória; talvez assim, num próximo acto eleitoral os remetam para os devidos e merecidos lugares: a rua.

Porém não poderemos esquecer o pano de fundo que serviu de aperitivo a todo este cenário: o baixo combate político, questões mesquinhas, partidarizadas! Foi tudo aquilo que não se deve nem pode esperar do debate de ideias. É o constatar da incapacidade de quem nos tem governado nos últimos 30 anos.
Acima dos interesses do país, parecem estar os interesses partidários, os interesses pessoais, os interesses dos amigos.

Por outro lado ficámos a saber que a censura pegou moda: uma deputada municipal de Mirandela, proibiu que quadros com nus, fossem expostos, tal como havia já acontecido anteriormente em Viseu, pela ainda directora de um dos mais importantes museus portugueses.

Ficámos ainda a saber que quem perdeu tudo ou quase tudo nos terríveis incêndios de há dois anos no Algarve ainda espera e desespera pela prometida ajuda “imediata” que os políticos se apressaram a garantir.

Um dos maiores jornais europeus, o El País, conclui no final de uma excelente reportagem, que Portugal parece ser ingovernável. Cita como exemplo as fugas de Durão Barroso e António Guterres.

É a conclusão de grandes jornalistas e de grandes analistas. Ainda assim, permito-me discordar. Não é o País que é ingovernável, mas os homens que o conduzem, que são incompetentes.

Lá por fora, parece claro que em breve os Iraquianos que antes do acto de agressão americano vivia mais ou menos em paz estejam á beira de uma guerra civil, por causa de uma Constituição ditada pelos Americanos.

Sei que muitos argumentarão que se vivia no tempo de Saldam Hussein numa ditadura e que o regime era acusado de perpetrar milhares de mortes.
Fica a pergunta: quantas já aconteceram depois da queda do regime? – Muitas mais certamente.

Foi interessante ainda, tomarmos conhecimento dos números aterradores gastos com os meios aéreos. Mais de 266 mil euros por dia. Este número tinha em consideração um determinado número de horas de voo, já largamente ultrapassadas, pelo que me parece óbvio que as empresas que disponibilizam os meios aéreos terão lucros muito superiores ao que seria de esperar. Coincidência?

Ao longe diviso chamas. As chamas que vão devorando florestas e esperanças.

Ainda ao longe a Lira de Nero.

7 Comentários:

Às 28 agosto, 2005 22:45 , Blogger LibeLua disse...

Bom paralelismo! Nero e Sócrates ou a cegueira de quem gosta de brincar com o fogo... Há arrogância na governação destes senhores. E como se paga cara!
Já conseguiram pôr o país em peso contra as suas medidas, ou contra a displiciência em tomá-las onde urgem. Sim, vivemos dias de luto e mais virão a caminho. Com a fasquia do orçamento altíssima, os portugueses começam agora a abrir a carteira para a "rentrée" dos filhos. A Sra. Ministra decretou mudança de livros e impôs a sua escolha. Afinal há que alimentar a indústria livreira e aproveitar os impostos sobre cada manual escolar, rondando o lote em cerca de 300 euros. (Imagine-se uma família com três filhos a estudar...) É uma política muito socialista (que raio significa essa palavra?)e muito democrática até... Tal como no que respeita à nova carga horária dos professores, também aqui ninguém foi ouvido... Mais uma vez fica de fora a falta de escrúpulos desta equipa. Lamento... Tinha uma ideia diferente do Socialismo. Agora já não sei... A hora é de denúncia. Não deixar de falar. Uma noite serena para ti.

 
Às 28 agosto, 2005 22:49 , Anonymous A. Duarte Lázaro disse...

Brilhante análise em jeito de síntese da semana... pena que a actualidade seja repleta de horrores...

 
Às 29 agosto, 2005 08:47 , Blogger bluegift disse...

Implacável como sempre Zé. Confesso que a notícia que me chocou mais foi a da proibição dos nús. A mentalidade demonstrada espelha escandalosamente o nível global de fraca evolução cultural do país. Estamos mesmo na cauda da Europa.

 
Às 29 agosto, 2005 09:51 , Blogger LetrasaoAcaso disse...

Sim, estamos infelizmente "Blue".
Leste o meu email?
Beijinhos

 
Às 30 agosto, 2005 09:23 , Blogger bluegift disse...

Qual email, Letras?????

 
Às 30 agosto, 2005 09:53 , Blogger LetrasaoAcaso disse...

Bolas...agora já nem lês os emails?
Grrrrrrrrrrrrrrrr

 
Às 30 agosto, 2005 11:16 , Blogger bluegift disse...

Letras, não te zangues. Esta época de férias veio agravar ainda mais a embrulhada em que andam os meus emails. Mas eu vou procurar... (snif... preciso urgentemente de um secretário :(.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial