quarta-feira, julho 27

Agosto

Em Agosto o País fecha. Os sindicalistas profissionais não sindicalizam, os grevistas estão de férias e os políticos aproveitam este estado de sonolência para nos continuarem a enfiar barretes.
Os gravíssimos problemas com que nos debatemos no dia a dia, são varridos para debaixo do tapete, até Setembro/Outubro e surgem as Presidenciais que ainda estão tão distantes que, quando lá chegarmos, possivelmente nem sequer haverá dinheiro para as realizar.
E o que têm de novo para nos oferecer? Nada!
Um Mário Soares a andar de elefante, ou montado numa tartaruga, cheio de genica, de iniciativas e de ideias novas, "compatíveis" com os seus 80 anos?
Um Cavaco a quem culpabilizam (com razão, ou sem ela, não sei, não sou eu que o digo) da situação económica a que o País chegou?
O resto não conta, acabará por se aliar ou a um ou ao outro lado, na 2ª volta.
Não há mais ninguém?
Claro que há, mas não estão para chatices. Presidente da República? Para perderem todas as mordomias que auferem nos seus cargos de direcção em empresas particulares e estatais: Banco de Portugal, Caixa Geral de Depósitos ... Sim, esses que nos vêm pedir sacrifícios. Porque não dão eles o exemplo? Se o fizessem teriam autoridade moral para os pedirem a nós.

Aqui há tempo, uma senhora entrevistada na TV, comparou o País ao Titanic, que se afundava enquanto a orquestra continuava a tocar.

Claro que antes das presidenciais temos as autárquicas. É necessário dinheiro para a propaganda partidária. Está visto, qualquer pessoa que pense um pouco sabe muito bem que o dinheiro atribuído pelo Estado não cobre as despesas. Portanto há que cativar o betão armado. Daí o megalómano, perfeitamente dispensável e ruinoso TGV. Quem vai andar nele?

E o Aeroporto da Ota? Porque não o constroem em Freixo de Espada à Cinta ( sem ofensa para este burgo) ?

Elefantes brancos? É o país deles:

O Centro Cultural de Belém.
A dispendiosíssima Casa da Música, de que ninguém fala.
Estádios de futebol com enormes encargos de manutenção e que, devido à falta de água, nem sequer dão para pôr lá rebanhos a pastar.

Edifícios de apartamentos não geram riqueza. Portugal é um país que tem sempre brilhante participação nos Salões Internacionais de Inventores. Porque não aproveitam e investem nesses dispositivos (estão sempre lá outros países para os copiarem ...) ?
Porquê? Porque é muito mais seguro, no estado actual da economia mundial, ter o seu dinheirinho em depósitos off-shore.

4 Comentários:

Às 27 julho, 2005 10:56 , Blogger Aziluthh disse...

Bom dia, Peter.Tens razão. O tempo faz esquecer tudo e o poder está a precisar de umas tréguas para travar o clima de insatisfação. Agosto até dá jeito. Só uma coisa não pára neste mês: o lixo nos areias, as filas para a Caparica e na Marginal, o êxodo para o Algarve. Quanto a Soares, penso que foi uma jogada de astúcia que combinou duas vontades. A de Sócartes em retirar a mão a Manuel Alegre e a de Soares em travar o Cavaco e brilhar ainda mais um bocadinho. (não sei bem por que ordem!). Pessoalmente, entendo que a Democracia enferma de demasiados poderes, quando se quer conferir o poder maior ao povo. Poderá ser um grade disparate e carece de fundamento, mas considero a figura do P.R. seja ele qual for, perfeitamente inútil. Abraço!

 
Às 27 julho, 2005 13:02 , Blogger {-Sutra-} disse...

Só não fecha o pagamento do IVA, agora mais elevado, não fecha o aumento do combustível.
Mas, eu também fecho por agora o pensamento à preocupação :-)

Beijo doce Peter15

 
Às 27 julho, 2005 15:05 , Blogger Peter disse...

aziluth, o PR é igual à Rainha de Inglaterra. Se for Soares o eleito teremos um "rei-sol". Necessidade absoluta de rever a Constituição. Estamos fartos de "velhos". Será que desde 1974 não foi parido ninguém em condições de nos governar?

 
Às 27 julho, 2005 15:13 , Blogger Peter disse...

sutra, cá por Lisboa já há filas enormes junto de bombas que praticam preços mais baratos. Na 2ª Circular, do lado direito para quem vem a caminho do aeroporto, há uma bomba (com filas enormes ...) que às 4ªs Fs faz um desconto de 0,05 € por litro de combustível.//Amanhã devo embarcar no meu iate, que comprarei com o dinheiro que me vai sair no Euromilhões, para uma viagem até às Ilhas Jacaré, onde tenho os meus depósitos off-shore.
Divirtam-se por cá. Há sempre gente a tomar conta do blog ...

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial