quarta-feira, janeiro 6

Distracção

A TVI no noticiário das 20h de ontem, referiu a apresentação de uma petição, com mais de 90 mil assinaturas, para que o chamado “casamento gay” fosse discutido na AR.
Querendo auscultar a opinião dos portugueses sobre o assunto, forneceu dois números de telefone:
760102401 para os que acham que o assunto deve ser submetido a referendo;
760102402 para os que acham que o mesmo não deve ser submetido a referendo.

Continuando a ver o noticiário, verifiquei que no rodapé apenas continuavam a indicar o 2º número de telefone isto é, o dos que discordam do referendo.

Telefonei de imediato para a referida estação e foram repostos os dois números de telefone.

Distracção...

10 Comentários:

Às 06 janeiro, 2010 13:27 , Blogger vbm disse...

Esta estória dos maricas
é perfeitamente repulsiva.

Tu, neste teu blog, desafias
os leitores a tomar posição
sobre as controvérsias
em curso...

Claro que tenho, temos, o direito
de nada dizer, mas eu gosto,
pelo menos às vezes,
de "chatear"
lol



Pelo que, digo,

é uma perfeita imbecilidade
"aplaudir" os "direitos"
dos mariconços; assim
os chamo, só para
não usar o vernáculo
da minha terra!

Aceito que torturá-los,
ser injusto, persegui-los,
desprezá-los ostensivamente,
de modo desumano, não é correcto,
é condenável, são pessoas,
merecem a dignidade

do civismo com que se comportem.

Mas é tudo quanto merecem.
Fora isso, são um nojo.

Claro que eu compreendo e respeito
a liberdade individual, o exercício
da diferença em relação à sociedade
e à opinião pública!

Foram coisas que aprendi, em novo,
e com exemplos de vida como
os de Bertrand Russell, Einstein,
e o meu admirado poeta Omar Khayyam.


Mas é tudo. Eu também tenho o direito
de discordar da sociedade, de ter
múltiplos amores heterosexuais,

e os outros têm o dever de me respeitar
porque não deixo de ser uma pessoa,
um cidadão, se me comportar responsavelmente
se não for discreto, se não escandalizar as pessoas.

(Por exemplo, - uma coisa que as pessoas ignoram -, os árabes muçulmanos podem beber vinho, sim senhor, o Al-Corão não o proibe; o que não podem é escandalizar o seu irmão, ostentando embriaguez, desbragamento, luxo, espalhafato quando esse irmão, seu igual, vive carenciado na pobreza, na necessidade.)

Assim os marinconços!

Vão pró raio que os partam,
se se põem aos beijos e apalpões
em público, na televisão, nas ruas!

Bah, que nojo!

Se são maricas, que sejam discretos.
Que eu os conheci discretos
na minha cidade natal.

Via-os nos cafés!

Por exemplo,
Pedro Homem de Melo,
Eugénio de Andrade,
Vasco Lima Couto.

Perfeitamente correctos.
Nada lhes era censurável.
Porque se davam ao respeito.
Não escandalizavam.

E mesmo os poligâmicos da minha terra
são discretos e dão-se ao respeito.
Porque não querem escandalizar
nem magoar.
Só querem amar.

Assim se comportem os maricas.
E não chateiem.

 
Às 06 janeiro, 2010 15:43 , Blogger Ferreira-Pinto disse...

Ó com caraças que o VBM não esteve pelos ajustes!

Ó PETER mas tu ainda gastas o teu precioso dinheiro com coisas assim?

 
Às 06 janeiro, 2010 18:57 , Blogger Peter disse...

vbm

Tens todo o direito em manifestares a tua opinião sobre um assunto que, se fosse a referendo, seria repudiado por mais de 50% da população.

Daí o esquecimento do nº do telefone dos favoráveis ao referendo?

 
Às 06 janeiro, 2010 18:58 , Blogger antonio - o implume disse...

Foi um problema informático com o insersor de caracteres...

 
Às 06 janeiro, 2010 19:00 , Blogger Peter disse...

Ferreira-Pinto

Não gosto que me orientem a opinião.

 
Às 06 janeiro, 2010 19:02 , Blogger Peter disse...

antónio - o implume

Insersor de quê?

 
Às 06 janeiro, 2010 22:30 , Blogger Meg disse...

Peter,

Com o comentário do Vasco, fiquei sem fôlego, bolas!
Que convicção!

Calma pessoal, que não tarda nada vem aí a poligamia... não é já praticada e aceite em comunidades que vivem connosco?
Pois é, abaixo a discriminação, bla, bla, bla...

Essa da televisão foi muito boa, Peter, e claro que foi inocente.
Ora!

Um abraço

 
Às 07 janeiro, 2010 14:27 , Blogger Ashera disse...

Os m€rdia são uns tendenciosos!
Bom dia amigo
Beijos

 
Às 07 janeiro, 2010 16:52 , Blogger Peter disse...

Ashera

Não são capazes de despir a camisola partidária, ou futebolistíca. O que vale é que há excepções.

Um bom dia para ti

 
Às 07 janeiro, 2010 16:58 , Blogger Peter disse...

Meg

Então não são os/as homossexuais que proclamam o "orgulho gay" e o "direito à diferença"?

Então porque é que querem ser iguais aos "não-gays"? Só para colherem benefícios e direitos?

Mas se são eles os primeiros a repudiarem a "igualdade"...

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial