quarta-feira, dezembro 30

Mau tempo: a tempestade chegou a todo o lado



“Resgates heróicos, estradas cortadas, casas inundadas, ávores arrancadas. A Protecção Civil e os bombeiros de Norte a Sul do país não tiveram mãos a medir por causa do mau tempo. Ontem, Portugal acordou com o Instituto de Meteorologia a colocar sob aviso laranja 15 distritos, devido à previsão de chuva e vento forte. Durante o dia, chegaram a estar cortadas 11 estradas por causa de inundações - cinco em Aveiro, duas em Beja e em Faro e uma em Viseu e em Lisboa.
A forte agitação marítima levou ao encerramento à navegação de sete barras. O distrito de Santarém activou o Plano de Especial de Emergência para Cheias no Tejo, perante o risco de inundações da região, que está em alerta azul e o mau tempo também fez estragos no Algarve. O parque de estacionamento do Fórum Algarve ficou inundado, à semelhança do que aconteceu no aeroporto de Faro. No Norte, em Peso da Régua, o Douro chegou a subir quatro metros e atingiu várias lojas e comércios. A tempestade também chegou à política, com Capoulas Santos (PS) e Paulo Rangel (PSD) a trocarem acusações, por causa dos estragos provocados pelo mau tempo na zona Oeste. O alerta amarelo da Protecção Civil, o segundo menos grave de uma escala de quatro, deve manter-se pelo menos até ao dia 2 de Janeiro.”

( Rosa Ramos, Jornal “i”, Publicado em 30 de Dezembro de 2009 )

Uma palavra amiga para todos os que foram afectados nos seus bens (63 milhões € de prejuízos) e na sua vida familiar, sofrendo na pele um Natal para esquecer.

2 Comentários:

Às 30 dezembro, 2009 19:26 , Blogger Peter disse...

A tempestade também chegou à política, com Capoulas Santos (PS) e Paulo Rangel (PSD) a trocarem acusações, por causa dos estragos provocados pelo mau tempo na zona Oeste.

 
Às 30 dezembro, 2009 23:59 , Blogger antonio - o implume disse...

Ora também não precisas de ser tão severo com o Sócrates... ele agora só é parcialmente culpado! ;)

Feliz 2010!

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial