domingo, setembro 10

A tua ausência…
















… noto-a mais quando a lua me beija.
Porque ela tem o sabor do teu olhar
Quando parece que me deseja
Como eu te desejo abraçar.

E deixo, pois, que me invada
O arrepio, ânsia, de percorrer-te,
Dos lábios sôfrego beber-te,
A luz que te vem da alma.

8 Comentários:

Às 11 setembro, 2006 09:39 , Blogger [In]completa disse...

Venho deixar-te um obrigada e dizer até um dia...

Beijos.

 
Às 11 setembro, 2006 11:15 , Blogger MARTA disse...

Que paixão! A lua é uma boa confidente e por isso, tudo fica mais claro......
Lindo texto e foto, Ant - como sempre.
Beijos e abraços
Marta

 
Às 11 setembro, 2006 14:05 , Blogger augustoM disse...

Bonito poema, onde a ausência se transforma em saudade.
Um abraço. Augusto

 
Às 11 setembro, 2006 20:38 , Blogger Luna disse...

A lua sempre musa de poetas
beijos

 
Às 11 setembro, 2006 22:46 , Blogger Belzebu disse...

O fascínio da lua !!!!

Também sinto o mesmo!!!

Saudações!

 
Às 12 setembro, 2006 13:00 , Blogger Heloisa B.P disse...

Deixo um ABRACO para SI* e, OUTRO* para o PETER*, neste dia 10 ( referente a ele, porque hoje, ja' e' dia 12.)
Heloisa.
***********

 
Às 14 setembro, 2006 11:03 , Blogger amita disse...

A lua, o luar... fascínio dos poetas.
Uma flor para ti,poeta.

 
Às 18 setembro, 2006 15:11 , Blogger sónia disse...

é assim uma coisa muitooo parecida qd vejo a lua......;)

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial